BRASIL & MUNDO

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) terá mais contas a acertar com a Justiça brasileira. Isso porque a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu por unanimidade, na noite desta terça-feira (23), condenar o político no caso do trípex de Guarujá, no Litoral de São Paulo.

Lula deve responder pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pela posse oculta e reforma do apartamento com obra custeada pela empreiteira OAS após benefícios indevidos à empresa em contratos com a Petrobras.

Também de forma unânime, a Corte votou por reduzir a pena imposta a Lula pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Originalmente, o político cumpriria 12 anos e um mês de prisão. Agora, serão 8 anos e dez meses. Com isso, o ex-presidente pode progredir para o regime semiaberto, se quiser, a partir de setembro deste ano, quando completará um sexto da pena.

saiba antes via instagram @revistamaissantos