PUBLICIDADE

Brasil / Cotidiano

Anvisa proíbe venda sem receita de cloroquina e ivermectina

Agência Brasil

Regras que pro√≠bem a venda sem receita em farm√°cias de medicamentos como cloroquina, hidroxicloroquina, nitazoxanida e ivermectina foram publicadas pela Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria (Anvisa). As orienta√ß√Ķes est√£o na Resolu√ß√£o da Diretoria Colegiada (RDC) 405/2020, publicada ontem no Di√°rio Oficial da Uni√£o . De acordo com a ag√™ncia, a lista poder√° ser revista a qualquer momento para a inclus√£o de novos medicamentos, caso seja necess√°rio.

Ainda segundo a Anvisa, o objetivo da norma é impedir a compra indiscriminada de medicamentos que têm sido amplamente divulgados como potencialmente benéficos no combate à infecção pelo novo coronavírus, embora ainda não existam estudos conclusivos sobre o uso desses fármacos para o tratamento da doença.

A medida visa tamb√©m manter os estoques destinados aos pacientes que j√° t√™m indica√ß√£o m√©dica para uso desses produtos, uma vez que os medicamentos que constam na resolu√ß√£o tamb√©m s√£o usados no tratamento de outras doen√ßas, como a mal√°ria (cloroquina e hidroxicloroquina); artrite reumatoide, l√ļpus e outras (hidroxicloroquina); doen√ßas parasit√°rias (nitazoxanida) e tratamento de infec√ß√Ķes parasit√°rias (ivermectina).

Compra

A compra desses produtos em farm√°cias e drogarias ser√° permitida apenas mediante apresenta√ß√£o da receita m√©dica em duas vias. Cada receita ter√° validade de 30 dias, a partir da data de emiss√£o, e poder√° ser utilizada somente uma vez. A resolu√ß√£o ser√° revogada automaticamente a partir do reconhecimento, pelo Minist√©rio da Sa√ļde, de que n√£o mais se configura a situa√ß√£o de Emerg√™ncia em Sa√ļde P√ļblica de Import√Ęncia Nacional.

Farm√°cias e drogarias

Conforme previsto na resolu√ß√£o, todos os medicamentos que contenham as subst√Ęncias listadas na norma est√£o sujeitos aos procedimentos de escritura√ß√£o no Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC).

A escritura√ß√£o dos medicamentos √† base de hidroxicloroquina, cloroquina e nitazoxanida j√° era obrigat√≥ria desde a inclus√£o dessas subst√Ęncias nas listas de controle da Portaria 344/1998. Para os medicamentos √† base de ivermectina, a entrada de medicamentos j√° existentes em estoque nas farm√°cias e drogarias antes da resolu√ß√£o n√£o necessita ser transmitida ao SNGPC.

Foto: Marcelo Casal/Agencia Brasil