Brasil 

Da redação

A decisão do partido em São Paulo foi definida na tarde desta segunda-feira (9), após uma reunião e de forma unânime. Por oito votos, o deputado federal Marco Feliciano foi expulso do Podemos devido uma série de irregularidades.

O parlamentar é acusado de assédio sexual, recebimento de propina e pagamentos a supostos funcionários fantasmas. Ele se defende e diz não ter cometido nenhum desses crimes.

A votação foi realizada na sede estadual do partido, isso abre a possibilidade do deputado reverter a decisão na executiva nacional.

Fotos: Reprodução/ Internet

 

 

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos