PUBLICIDADE

Estado / S√£o Paulo

Del Rangel, diretor de TV e ex-marido de Regina Duarte, morre aos 64 anos

 - REVISTA MAIS SANTOS

Morreu, na noite de quinta-feira, 16, o diretor e produtor Del Rangel, aos 64 anos, segundo comunicado divulgado pela Fundação Padre Anchieta. Del Rangel assumiu a direção de programação da TV Cultura em 2019. Segundo a fundação, o diretor morreu em decorrência de um infarto fulminante.

Ant√īnio Rangel, ou como ficou conhecido, Del Rangel, nasceu em Fortaleza, 1955, e trabalhou nas principais emissoras de TV, com algumas obras no cinema.

Na Globo, teve seu nome ligado a novelas e séries, a partir dos Anos 1980. Entre as tramas que dirigiu, constam Cambalacho (1986), O Outro (1987), Bebê a Bordo (1987) e, um de seus trabalhos mais marcantes, Os Maias (2001).

O diretor tamb√©m passou pelo¬†SBT, nos Anos 1990 e 2000, quando comandou as novelas √Čramos Seis (1994), As Pupilas do Senhor Reitor (1994), Sangue do Meu Sangue (1995), Raz√£o de Viver (1996), Cristal (2006), Uma Rosa com Amor (2010), entre outros trabalhos.

Na Record TV, Del dirigiu a novela ‚ÄúRoda da Vida‚ÄĚ (2001). De 2001 a 2004 foi diretor art√≠stico da emissora e lan√ßou programas como o ‚Äú√Č Show‚ÄĚ, com Adriane Galisteu, e ‚ÄúDomingo da Gente‚ÄĚ, com Netinho de Paula.

Del Rangel foi casado com a atriz Regina Duarte, de 1983 a 1995, e teve a oportunidade de dirigi-la em Joana (1984), seriado exibido no SBT e na extinta Manchete, além do seriado Retrato de Mulher (1993), na Globo.

Realizou trabalhos também no cinema, onde dirigiu os filmes O Trapalhão na Arca de Noé (1983), Uma Escola Atrapalhada (1990) e Contos de Lygia (1998).

No teatro, em 1999, dirigiu Harmonia em Negro, comédia com Ana Paula Arósio e Cássio Scapin.

*Com informa√ß√Ķes da Isto√Č