PUBLICIDADE

Estado / São Paulo

Governo de São Paulo muda regras para flexibilização no Plano SP

Da Redação

O Governo de São Paulo anunciou, nesta segunda-feira, uma mudança  nas regras de flexibilização do Plano São Paulo de retomada econômica. Embopra tenha começado um novo período de quarentena, a medida prevê o afrouxamento do índice mínimo de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para que uma cidade passe da fase 3 (amarela) para a 4 (verde) da retomada. Trata-se da chamada “calibragem técnica”.

Os três pontos abordados pela atualização são os critérios de estabilidade nas avaliações de cada região, a liberação da capacidade hospitalar e atualizações na régua de indicadores — especialmente da fase amarela para a verde.

A principal questão abordada para as novas regras diz respeito à capacidade hospitalar. Com as novas regras, para passar à fase verde, menos restrita, será preciso ter até 75% dos leitos ocupados, e não mais 60%, como era antes e motivo de queixas de prefeitos (que reclamavam que isso obrigava as cidades a manterem unidades ociosas). Para chegar à fase verde, porém, é preciso ter até 40 internações por 100 mil habitantes e 5 mortes a cada 10 mil habitantes.

Foto: Helder Lima/PMG