Herpes e herpes zoster

O herpesvírus é uma família de vírus com mais de 100 espécies diferentes. Oito deles provocam doenças em humanos, algumas mais conhecidas e outras não. Cada vírus apresentará sintomas, gravidade e formas de transmissão diferentes. A grande característica comum a todos é o fato de se manterem em latência (vivos, mas não atuantes) em nosso organismo até que uma dada situação os faça expressar-se em nosso organismo. Cada vírus recebe um nome diferente.

Dois deles, chamados de herpes simples tipo 1 e tipo 2, podem causar infecção pelo corpo todo, porém o tipo 1 afeta mais a região dos lábios e o tipo 2 na região da genitália. Quando afete a genitália, o quadro é mais grave, apresentando febre, dor e/ou queimação. É considerada uma infecção sexualmente transmissível. Nos lábios, é causado pelo contato pessoal direto, como beijo.

A varicela (catapora) é causada por um herpesvírus (varicela-zóster) que poderá ser reativado tardiamente causando a doença herpes zoster. O vírus, após causar o quadro típico da catapora, invade nervos diretamente ligados à medula espinhal ou nos da cabeça. Expressa-se como vesículas (bolhas) na pele correspondente a vinculação com o nervo afetado. Como os nervos são os sensoriais, há muita dor. A transmissão se dá pelo contato direto com o líquido das vesículas ou com o vírus contido nas gotículas de saliva, espirro ou tosse. A vacinação é a melhor forma prevenção.

O Epstein-Barr, outro vírus pertencente à família, é o responsável pela mononucleose, chamada doença do beijo pois é transmitido pela saliva. Provoca um quadro semelhante ao resfriado comum, com fadiga, febre e linfonodos (gânglio) aumentados no pescoço. Estima-se que 90% da população já tenha tido contato com esse vírus. Apesar de ser uma doença simples, de cura espontânea, há estudos vinculando-o a alguns tipos de cânceres raros.

O citomegalovírus produz quadros de gravidade bem variada. Pode se apresentar com sintomatologia semelhante à mononucleose ou situações de maior gravidade como hepatite, retinite (infecção nos olhos) e infecção no baço.

É transmitido pelo sangue e fluidos corporais. É mais grave em indivíduos com baixa imunidade, como os infectados por HIV.

O  Centro de Informações sobre Medicamentos (CIM), do curso de Farmácia da Unisantos, está disponível para solucionar suas dúvidas. O contato pode ser pelo e-mail cim@unisantos.br

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *