COLUNASNação Santista

Balanço trimestral do Santos FC deixa conselheiros nervosos e preocupados

Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Alô, alô Nação Santista, um grande abraço. A despedida do técnico Cuca do Santos, no domingo (2), na Ilha do Retiro, contra o Sport, às 17 horas, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, terá uma novidade: Vladimir vai assumir a meta no lugar de Vanderlei. “O Vladimir vai atuar. É a oportunidade que o jogador tem para mostrar a condição de ser titular. É um prêmio que será dado a ele por tudo o que fez, pela importância dele no grupo”. Vanderlei, que vive o seu pior momento no Santos, com falhas incomuns para o seu padrão de atuações, não será nem relacionado. Enquanto faz a mudança no gol por opção, Cuca vai promover outras alterações por causa de desfalques. Além de quatro jogadores suspensos, há outros quatro machucados.

O presidente José Carlos Peres está no Rio de Janeiro para negociar com Abel Braga para ser o novo treinador. Ele viajou na manhã desta quinta-feira (29) à Cidade Maravilhosa para tentar trazer o treinador para 2019.

O relatório do Conselho Fiscal do Santos sobre o terceiro trimestre de 2018, foi apresentado na noite desta terça (27), em reunião do Conselho Deliberativo, aponta um prejuízo de R$ 63.678.537,09 no período, contra um orçamento que previa lucro de R$ 74.641.799,44. Outro ponto que chamou a atenção, segundo o documento do Conselho Fiscal, é o aumento considerável no número de autônomos pagos pelo clube. Em novembro de 2017, na antiga gestão, eram 269, que custavam ao Santos R$ 236.807,32. Em junho deste ano, já sob a gestão de José Carlos Peres, o número caiu para 247 autônomos, ao custo de R$ 148.416,00. No entanto, em setembro passado, o número de funcionários contratados neste regime subiu para 503, que custam R$ 352.975,17 ao clube. A folha de pagamento dos atletas profissionais, profissionalizados (da base) e funcionários administrativos, contratados em regime CLT, aumentou 18%. Em novembro de 2017, eram 448 funcionários ao custo de R$ 7.204.302,00, enquanto em setembro passado, o número subiu para 459, que consomem R$ 8.500.716,48 mensais. O Conselho Fiscal também contesta o pagamento de comissões de intermediação na contratação dos três jogadores estrangeiros (Derlis González, Carlos Sanches e Bryan Ruiz), além do técnico Cuca. No total, foram pagos R$ 2.533,068,00 em comissões, sendo que o maior valor, R$ 1.021.768,00 foi pago na intermediação para a vinda de Bryan Ruiz. A comissão paga para a chegada de Cuca foi de R$ 595.000,00.

Curiosidades: No dia 04/12, terça-feira, às 21 horas na Vila Belmiro, ocorrerá a ação “Natal Sem Fome”, organizada pelo técnico e ex-jogador do Peixe, Narciso. Grandes nomes do esporte e do meio artístico participarão da ação. Giovanni, ídolo eterno do Santos e que atuou no clube ao lado de Narciso, assim como os cantores Livinho, Gui e Kevin, além de grupos de samba, como Pixote e Turma do Pagode, já confirmaram presença na “pelada”. O torcedor que quiser acompanhar a partida já pode garantir seu ingresso nos postos autorizados. Cada 1kg de alimento não perecível vale por ingresso, mas não são aceitos sal e açúcar.

Abraço Especial: Aos nossos ouvintes, telespectadores e amigos, a todos um Feliz Natal e um ótimo ano de 2019. É gente ligado na gente. Não há distância que nos separe, Tradição é Tradição, os bons tempos estão de volta. A todos, Deus conduz.                                                                                         

CAPITÃO PAULO ALBERTO

DRT : No 33.858


Para ficar ligado em tudo o que acontece no dia a dia do Santos, clique aqui.

saiba antes via instagram @revistamaissantos