COLUNASDICAS DE PORTUGUÊS 

No Brasil, muita gente viaja a Minas Gerais, para uma simpática cidade chamada Poços de Caldas. Sempre achei curioso o nome. Quando criança, já com meu espírito de esganado, eu sempre imaginei baldes sendo jogados naqueles poços que jorravam calda de chocolate, calda de cereja, tinha uma outra de abacaxi e de tudo quanto é sabor. Ledo engano.

Na verdade, “caldas” vem do Latim “calidas” que quer dizer “quente”. Como na região havia muitas fontes com água quente, a região recebeu este nome: Poços de águas cálidas, Poços de Cálidas, Poços de Caldas.

Curiosidades e suposições:

No dicionário Latino-Português de José Cretella Júnior e Geraldo de Ulhoa Cintra, da editora Nacional, constam o adjetivo calidus-a-um, como quente, o que tem calor. O substativo calida-ae seria a água no estado de quentura. Já no álbum de Poços de Caldas, publicado em 1920, o autor J. Ferreira Coelho mencionou que o nome de Poços de Caldas, segundo alguns historiadores, teria sido dado à cidade pelo conjunto de circunstâncias semelhantes às da origem de “Caldas da Rainha”, em Portugal. Para o mesmo autor, seria mais aceitável uma outra suposição, a de que o nome se deveria à sua posição geográfica muito próxima à antiga vila de Caldas.

Quente ou fervendo, com calda ou sem calda, fato é que a cidade é uma delícia e vale a pena conhecer.

Mudando de assunto. EXTENSO é com X, mas ESTENDER é com S. Por quê? Vamos falar disso em nossa próxima coluna.

saiba antes via instagram @revistamaissantos