ESPORTES 

O Corinthians está eliminado da Libertadores 2020. É a segunda vez que o time de Parque São Jorge é eliminado da fase preliminar da competição continental. A primeira foi em 2011, quando foi eliminado pelo Tolima, da Colômbia.

Com um a menos desde os 28 minutos do primeiro tempo, o Corinthians até fez um bom jogo nesta quarta-feira (12), venceu o Guaraní/PAR por 2 a 1, no Itaquerão, mas o resultado não foi suficiente para garantir vaga à terceira fase preliminar do torneio. Como perdeu por 1 a 0 na partida de ida, o gol fora dos paraguaio fez com que o Timão desse adeus à competição.

Pedrinho, que retornou da seleção pré-olímpica, foi a principal novidade na equipe, vestiu a camisa 10 alvinegra, se mostrou nervoso em campo, e levou cartão vermelho aos 28 minutos de jogo.

O Corinthians já vencia por 1 a 0, gol de Luan, e não sentiu a expulsão. Fez logo o segundo com Boselli. O gol do Guaraní saiu na etapa final. Aí faltou força ofensiva para o time da casa buscar o terceiro. A queda precoce repete 2015, quando o Corinthians deu adeus à Libertadores justamente diante do time paraguaio.

Apesar da boa apresentação, a pressão sob o técnico Tiago Nunes aumenta. E no sábado tem clássico com o São Paulo, às 19 horas, no estádio do Morumbi, pelo Paulistão. O Guarani segue com o sonho de entrar na fase de grupos da Libertadores e, pela terceira fase do torneio, enfrentará o Palestino, do Chile, que goleou o Cerro Largo, do Uruguai, por 5 a 1.

saiba antes via instagram @revistamaissantos