ESPORTES 

Em nota divulgada no site do clube, Timão afirma que chegou ao seu limite e não mediu esforços para a contratação da revelação do Brasileirão e critica diretoria do Esmeraldino

 

O Corinthians desistiu da contratação de Michael. O clube divulgou uma nota oficial em seu site na manhã desta quarta-feira (8), confirmando a desistência das negociações com o atacante do Goiás, eleito revelação do último Campeonato Brasileiro. Ele deve atuar no Flamengo, que está perto de fechar a vinda do jogador.

No comunicado, o Corinthians ressalta que chegou ao seu limite para obter 50% dos direitos do jogador, e que não fará loucuras que poderão prejudicar a situação financeira do clube. A proposta do Alvinegro era de cerca de 5 milhões de euros (pouco mais de R$ 22 milhões), mais a cessão de alguns jogadores do elenco corintiano.

Sobrou até mesmo para a diretoria do Goiás, já que na nota, o Timão critica o Esmeraldino pela postura na negociação. Vale lembrar que na semana passada, Túlio Lustosa, diretor de futebol do Goiás, criticou a oferta alvinegra por Michael. Os dois clubes tinham boa relação no mercado, já que em 2019, os meias Marlone e Giovanni Augusto atuaram emprestados no clube goiano.

Veja a nota oficial do clube

O Sport Club Corinthians Paulista encerrou a negociação pelo atacante Michael, do Goiás.

A Diretoria de Futebol do Timão ressalta que não mediu esforços para contratar o atleta. A proposta enviada pela aquisição de 50% dos direitos do jogador foi proporcional ao valor da multa pedida pelo clube goiano.

O Corinthians chegou ao seu limite e lamenta a forma como o Goiás tratou a negociação, sem a devida reciprocidade que houve ao longo dos últimos anos, quando o Alvinegro cedeu atletas por empréstimo à equipe de Goiânia e prezou pelo respeito à instituição e bom relacionamento.

O Sport Club Corinthians Paulista não fará nenhuma extravagância financeira que possa prejudicar a administração do Clube. No entanto, terá como prioridade o fortalecimento de sua equipe de futebol para sempre buscar o mais alto desempenho esportivo, como aconteceu na última década, em que conquistou dez títulos.

 

 

Fonte: LANCE!

Foto: Heber Gomes/AGIF

saiba antes via instagram @revistamaissantos