ESPORTES 

Lateral não atua desde o jogo contra o São Paulo, quando se desentendeu com Sasha. Porém, esse não é o principal fator que o fez ser sacado do time de Jorge Sampaoli

 

Jorge não atua pelo Santos desde o clássico contra o São Paulo, quando se desentendeu com Eduardo Sasha e colocou o dedo no rosto do atacante. Porém, esse não foi o principal motivo pelo qual o lateral foi sacado do time titular de Jorge Sampaoli.

O LANCE!apurou que o argentino vê o jogador fazendo “corpo mole” em jogos, e que não está focado no Santos. A diretoria não deve conseguir mantê-lo por conta do alto valor da multa após o fim do contrato, que vai apenas até o fim da temporada. Sendo assim, ele não deve ir a campo contra o Flamengo, no domingo, às 16h, na Vila Belmiro, pela última rodada do Brasileiro.

A situação com Sasha agravou ainda mais a situação do jogador no Santos, já que desde que retornou da Seleção o lateral não rende como o esperado pelo argentino. Jorge chegou em alta no Santos e foi aprovado rapidamente por Sampaoli por sua agilidade e técnica, porém, com o baixo rendimento o carioca perdeu a vaga para Felipe Jonatan.

Inclusive, para a última rodada do Brasileirão, contra o Flamengo, às 16h, na Vila Belmiro, o argentino deve contar com Diego Pituca improvisado na função. Ele já atuou na posição em alguns jogos e agradou. Evandro, apesar do desconforto no jogo contra o Athletico-PR, deve ficar à disposição. Felipe Jonatan foi expulso.

Vale lembrar que Jorge veio por empréstimo do Monaco, da França, e por conta da instabilidade financeira do Santos, ele não deve continuar para a próxima temporada. O presidente José Carlos Peres afirmou não ter desistido da possibilidade, mas ainda assim é improvável.

 

 

Fonte: LANCE!

Foto: Ivan Storti/Santos

saiba antes via instagram @revistamaissantos