ESPORTES 

Seleção Brasileira volta a jogar nesta sexta-feira, depois de conquistar a Copa América. Atacante retorna após três meses, em meio a diversas polêmicas dentro e fora de campo

 

Depois de três meses, Neymar estará de volta à Seleção Brasileira. Com o atacante, o Brasil enfrenta a Colômbia, nesta sexta-feira, às 21h30, no estádio do Miami Dolphins, em Miami, na Flórida (EUA). A partida, a primeira após a conquista da Copa América, marcará o retorno do jogador aos gramados após diversas polêmicas, mostrando a sua importância, de qualquer forma, para o time.

Um importante aliado de Neymar na Seleção Brasileira é o técnico Tite. O treinador lembrou que considera o atacante como um dos três melhores do mundo, sendo “indispensável” para o Brasil – mesmo levando em consideração o título da Copa América sem tê-lo disponível por lesão. O aproveitamento é semelhante, mas nos gols brasileiros, 50% são ou possuem assistência de Neymar, quando está em campo.

– Sabe o aproveitamento com e sem ele? É praticamente a mesma coisa. A equipe se fortaleceu em relação a isso. Ao mesmo tempo, o Neymar é indispensável. Nos números, 50% dos gols com o Neymar em campo são feitos por ele ou com assistência dele – disse Tite em entrevista coletiva, completando.

– Neymar é top 3 para mim. De qualidade técnica individual, eu coloco Messi acima, Cristiano Ronaldo, porque são outras gerações. Aí eu pego outra geração: ele e Hazard são dois jogadores, para mim, extraordinários. Com uma vantagem para o Neymar: ele pensa igual o Hazard, mas executa mais rápido. Ele em condições é imparável. É imparável.

Neymar não entra em campo desde o último dia 5 de junho, quando participou dos primeiros 21 minutos da vitória por 2 a 0 do Brasil em amistoso diante do Qatar, em Brasília. Na oportunidade, lesionou o tornozelo direito e foi cortado da Copa América. Desde então, o jogador passou por diversas polêmicas, dentro e fora das quatro linhas, e a volta, agora, para a Seleção, tem contornos importantes para a construção do trabalho de olho no próximo Mundial.

MUITAS POLÊMICAS

Os últimos meses da vida de Neymar

Se a situação dentro de campo estava calma devido à recuperação de uma lesão, fora das quatro linhas os últimos meses de Neymar foram conturbados. Relacionado com o futebol, o atacante viveu as últimas semanas de indefinição quanto ao futuro, com propostas de equipes como a do Barcelona, da Espanha, mas acabou permanecendo no Paris Saint-Germain, da França.

O técnico Tite se pronunciou sobre a questão de Neymar no PSG, em sua entrevista coletiva ontem. O comandante da Seleção Brasileira admitiu estar preocupado com esta situação sobre o time do atacante nos próximos meses, mas lembrou que não tem como interferir nesta questão.

– Preocupa sim (a situação de Neymar no PSG). Torço para que se resolva. Mas é uma variável que não está na minha alçada. Mais do que isso, de vê-lo em campo aqui, não tenho ingerência – comentou o técnico em conversa com os jornalistas, recordando o fim da janela de transferências dos times da Europa.

O cenário de Neymar fora do futebol, também, passou por muitas polêmicas. O jogador se envolveu com a modelo Najila Trindade Mendes de Souza, que o acusou de um suposto estupro, em maio, em Paris, na França. O caso está sendo investigado pelas autoridades competentes no Rio de Janeiro e em São Paulo, mas a expectativa é pelo arquivamento do mesmo.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X COLÔMBIA

Estádio: Hard Rock Stadium, em Miami (EUA)
Data/hora: 6/9/2019 – 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Ismail Elfath (EUA)
Auxiliares: Corey Parker (EUA) e Adam Wienckowski (EUA)
Onde ver: TV Globo, SporTV e em tempo real aqui no LANCE!

BRASIL: Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva, Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Coutinho; Richarlison, Neymar e Firmino. Técnico: Tite.

COLÔMBIA: Ospina; Medina, Mina, Sánchez e Tesillo; Barrios, Uribe e Cuadrado; Zapata, Muriel e Roger Martínez. Técnico: Carlos Queiroz.

Fonte: LANCE!
Foto: Pedro Martins / MoWA Press

saiba antes via instagram @revistamaissantos