ESPORTES 

Diretoria do Verdão se reuniu com a equipe do técnico argentino, que não deve seguir no Santos em 2020. Ele é o principal nome para substituir Mano Menezes na equipe alviverde

 

O Palmeiras abriu negociações com o estafe de Jorge Sampaoli. Enquanto o time goleava o Goiás em Campinas (SP), parte da diretoria se reunia com representantes do treinador argentino, o favorito para assumir a equipe em 2020. A informação foi publicada inicialmente pelo site “Uol”.

Para trocar o Santos pelo Palmeiras, Sampaoli pede um contrato de dois anos, além de salário de cerca de R$ 1,7 milhão por mês para sua comissão técnica. A cúpula alviverde agora irá avaliar as condições para entrar novamente em contato com os representantes do treinador.

Sampaoli tem contrato com o Peixe, que ainda tentará segurar o técnico. Os problemas internos ao longo da temporada, porém, desagradaram o comandante, inclusive a saída de Paulo Autuori, superintendente do futebol do Santos e próximo do argentino.

No Verdão, ele é o favorito com folga para substituir Mano Menezes. Mas as definições sobre o novo técnico e o novo diretor não devem acontecer nesta semana, a última do Campeonato Brasileiro. Curiosamente, Palmeiras e Santos disputam o segundo lugar.

Se Sampaoli é o nome para assumir a equipe, na diretoria são dois candidatos: Rodrigo Caetano, do Internacional, e Diego Cerri, do Bahia. O Palmeiras também está em contato com os dois, que devem fazer parte de uma gestão com conselho gestor.

 

 

Fonte: LANCE!

Foto: Ivan Storti/Santos

saiba antes via instagram @revistamaissantos