Gastronomia

Cunha é recebido com vaias e beijo gay na Assembleia de São Paulo

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi vaiado nesta última sexta-feira (27), na Assembleia Legislativa de São Paulo, por cerca de 50 manifestantes que protestavam contra a homofobia. Em meio à execução do Hino Nacional na abertura da audiência pública, dois manifestantes homossexuais se beijaram diante de Cunha, que é evangélico e já se posicionou contra a criminalização da homofobia.

“Machistas, fascistas, não passarão! Fora, Cunha!”, gritavam os manifestantes no plenário do Legislativo paulista, enquanto o presidente da Câmara tentava discursar.

saiba antes via instagram @revistamaissantos