Gastronomia 

Um jantar beneficente com toda a renda revertida para um tratamento de saúde. Essa é a ideia da Noite do Caldo Verde que acontecerá na próxima sexta-feira (1) na sede do Educandário Santista, em Santos.

A mobilização é em favor do jovem Arthur, que sofre com a Ponta-Onda Contínua durante o Sono (POCS), uma epilepsia benigna da infância com descargas centro-temporais, também conhecida como epilepsia Rolândica.

A doença acomete crianças e apresenta evolução favorável, com normalização do padrão eletroencefalográfico durante a adolescência. Alguns casos, entretanto, podem apresentar uma evolução atípica, com o surgimento do padrão de ponta-onda contínua durante o sono no EEG e distúrbios neurológicos graves, que é o caso de Arthur.

O objetivo do jantar é contribuir para seu tratamento, que não foi identificado em hospitais da região e, somente na capital, foi possível descobrir que a POCS faz com que seu cérebro funcione enquanto ele está acordado (vigília) e quando ele está dormindo. Ou seja, seu cérebro não descansa, causando a epilepsia.

O tratamento, porém, não sai barato: cada consulta custa cerca de R$ 500,00 e os exames, em torno de R$ 1 mil. E Arthur precisa ir à capital entre 1 e 2 vezes ao mês

Quem quiser saborear um delicioso caldo verde com direito a uma taça de vinho, além de participar de um bingo solidário pode adquirir o convite por R$ 30,00 na porta do evento ou pelo telefone (13) 98868-6313. O valor também pode ser depositado no Banco Santander (AG 4355, conta 01003976-5), em nome de Andrea Maria de Santana (CPF 01943705429), mãe de Arthur.

Quem optar pelo depósito terá o convite reservado para ser retirado no dia ou ao longo da semana. O jantar está marcado para as 19 horas na sede do Educandário, que fica na Avenida Conselheiro Nébias, 680, no Bairro Boqueirão.

saiba antes via instagram @revistamaissantos