Gastronomia

O Palácio de Kensington soltou um comunicado direcionado à mídia pedindo que não sejam mais publicadas fotos não autorizadas do príncipe George. A mensagem diz que alguns grupos de mídia, principalmente da Alemanha, França, Austrália e Estados Unidos, têm publicado fotos de George em “circunstâncias inaceitáveis” para ganhar dinheiro em cima do menino e que “o príncipe agora se tornou o alvo número 1 da perseguição dos paparazzi”.

Como os fotógrafos têm usado cada vez mais lentes especiais, eles conseguem capturar momentos privados da família real, como quando Kate Middleton leva George para parques fechados. O comunicado fala ainda de algumas proezas feitas pelos fotógrafos para conseguir clicar George, como se esconder em dunas de areia por horas e o malicioso ato de pedir para outras crianças interagirem com o menino em playgrounds para levá-lo ao alcance dos cliques.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

saiba antes via instagram @revistamaissantos