1.7 // ESPORTEGastronomia 

A segunda rodada da fase de grupos chega ao grupo B. Espanha e Portugal buscam a primeira vitória na competição. Enquanto o Uruguai, busca a classificação antecipada, em resultado que garantiria, também, a Rússia nas oitavas.

Portugal X Marrocos

No primeiro jogo do dia, Portugal enfrenta o Marrocos nesta quarta-feira (20), às 9 horas (de Brasília), no Estádio Olímpico Lujniki.

A seleção portuguesa busca vencer para não se complicar no grupo B e depender de uma vitória na última rodada para se classificar. Após o empate com a Espanha por 3 a 3 na última sexta-feira (15), a vitória coloca a equipe europeia em uma posição confortável para a última rodada.

Principal destaque da equipe, Cristiano Ronaldo está escalado, após marcar três gols contra os espanhóis, e será a grande arma da equipe portuguesa.

Do lado marroquino, o técnico Hervé Renard acha difícil conseguir para o atual melhor jogador do mundo.

Uruguai X Arábia Saudita

Na sequência de Portugal e Marrocos, o Uruguai enfrenta a Arábia Saudita , às 12 horas (de Brasília), em Rostov.

A seleção uruguaia sofreu para vencer o Egito por 1 a 0 na primeira rodada e seus torcedores esperam a pontaria afiada na hora de finalizar, algo que faltou contra os egípcios.

O destaque fica por conta de Edison Cavani e Luis Suárez, que perdeu diversas oportunidades frente a frente com o goleiro do Egito, na primeira roda.

Do lado saudita, a equipe busca se recuperar da goleada sofrida por 5 a 0 para a Rússia e garante não estar desclassificada do mundial.

Irã X Espanha

No último jogo desta quarta-feira, o líder do grupo B, Irã, enfrenta a Espanha, às 15 horas (de Brasília), na Arena Kazan.

Na primeira rodada, os iranianos foram os únicos do grupo a vencerem seu jogo, ao baterem o Marrocos por 1 a 0, com gol contra de Bouhaddouz, aos 49 minutos do segundo tempo. Um empate torna a situação dos asiáticos um pouco mais confortável buscando uma classificação para as oitavas de final.

A Espanha busca sua primeira vitória na competição para ter tranquilidade e não correr o risco de ficar, mais uma vez, fora das oitavas de final. Em 2014, a então campeã mundial foi eliminada na primeira fase.

 

Foto: RFEF/Carmelo Rubio

saiba antes via instagram @revistamaissantos