COLUNASNação Santista

Peixe perde três pênaltis e dá adeus à Copa do brasil

Por Paulo Alberto

Alô, Alô Nação Santista, um grande abraço. Depois de 10 jogos seguidos sem vencer, o Santos conseguiu uma virada heroica no Mineirão, mas assim mesmo deu adeus à Copa do Brasil nas quartas de final. Após vencer o time mineiro por 2 a 1, o Peixe saiu derrotado nos pênaltis por 3 a 0. Vale lembrar, que no primeiro jogo na Vila Belmiro, o Peixe houvera perdido por 1 a 0. Nos pênaltis, o Santos foi muito mal. Bruno Henrique, Rodrygo e Jean Mota tiveram suas cobranças defendidas por Fábio, que saiu do gramado como o herói da classificação do Cruzeiro. O técnico Cuca não poupou críticas ao árbitro Rodolpho Taski Marques/PR. O lance que revoltou o treinador, e todos os jogadores santistas, ocorreu no finzinho da partida. Marques deu cinco minutos de acréscimos, mas encerrou o jogo quando faltavam quatro segundos para o tempo estipulado por ele – no exato momento em que Gabigol recebeu um lançamento de Victor Ferraz e partiria sozinho para ficar cara a cara com o goleiro Fábio. Após o apito final, Cuca e os jogadores correram em direção ao árbitro para protestar e o goleiro reserva Vladimir acabou expulso. Agora é pensar em sair da incômoda situação do Brasileirão e tentar avançar na Taça Libertadores diante do Independiente-ARG nos dias 21 (Argentina) e 28 (Pacaembu) deste mês.

O contrato do zagueiro equatoriano Jackson Porozo foi registrado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF . Contratado no início do ano, o jogador não podia ser registrado antes por ainda não ter 18 anos. A Fifa veta transferências internacionais de menores de 18 anos e Porozo completou a maioridade no dia 4 deste mês. A contratação de Jackson Porozo é um dos argumentos para um dos pedidos de impeachment do presidente José Carlos Peres. O Santos pagou ao Manta, do Equador, R$ 350 mil euros por 100% dos direitos sobre o zagueiro, mas cedeu 30% dos direitos para a empresa Hi Talent, que foi fundada por Ricardo Crivelli, o Lica, ex-coordenador das categorias de base do Peixe. Andres Rueda, ex-membro do Comitê de Gestão, apresentou o problema com o contrato do zagueiro como um dos motivos para sua saída.

Curiosidades: Em sua carreira vitoriosa, de glórias, o Rei Pelé se acostumou a títulos e o dia 14 de agosto de 2018 ficará marcado por mais uma importante conquista. Formado em Educação Física pela FEFIS, de Santos – Unimes, Edson Arantes do Nascimento foi homenageado pela instituição de ensino com o título Doutor Honoris Causa, maior honraria acadêmica. A entrega foi realizada pelos irmãos Rubens e Renata Viegas, provedor e reitora da Unimes, respectivamente, em lugar mais do que apropriado, a nova sala do Rei, inaugurada no Museu Pelé, em Santos. Pelé ingressou na Faculdade de Educação Física – FEFIS, em 1970, um ano depois do curso ser criado, o primeiro no País com graduação em licenciatura. Na ocasião, o curso era realizado no Brasil FC. Além do futebol, o Rei se destacou em vôlei, basquete e psicologia.

Abraço Especial: A todos os profissionais da CLÍNICA MEDFISIOSPORT em Santos. Aos amigos, o fisioterapeuta Avelino Buongermino e sua esposa Shirley Falbo. É gente ligado na gente. Não há distância que nos separe, Tradição é Tradição, os bons tempos estão de volta. A todos, Deus conduz.                                                                                                

CAPITÃO PAULO ALBERTO

DRT : No 33.858


Para ficar ligado em tudo o que acontece no dia a dia do Santos, clique aqui.

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

saiba antes via instagram @revistamaissantos