CARREIRACOLUNAS 

Existem vários tipos de empreendedores no universo dos negócios. Será que você já sabe qual é o seu? No Brasil, seis perfis de empreendedores são diferenciados com facilidade. Vamos começar pelo perfil nato, aquele que costuma ser tido como genial, em decorrência da trajetória repleta de superação e modelos de negócio. Este empreendedor começa geralmente bem jovem, tem como principal motivação realizar seu próprio sonho e durante a vida acaba construindo grandes organizações, mesmo tendo iniciado com recursos mínimos ou quase inexistentes. Bill Gates e Silvio Santos são exemplos de empreendedores natos.

Temos também o empreendedor situacionista, completamente oposto ao nato. O situacionista é conhecido como o empreendedor que aprende, ou seja, aquele que geralmente inicia sua carreira em uma organização e de, repente, se depara com uma oportunidade para tentar um bom negócio ou se vê diante de uma completa insatisfação com o mercado. Seja como for, a frase mais compatível com o perfil situacionista é: “o empreendedorismo caiu dos céus, simplesmente chegou até mim…” Esse tipo de empreendedor compõe cerca de 30% dos empreendedores brasileiros e entre eles e os empreendedores natos, existe o perfil social, também chamado de idealista.

O empreendedor idealista é aquele que se envolve em causas humanitárias e tem como missão construir um futuro melhor para a sociedade. Donos de ONGs e o Bono Vox são exemplos que se encaixam perfeitamente neste perfil. Boa parte dos brasileiros, entretanto, está nos empreendedores que se encontram no perfil em busca do milhão, que é o perfil oposto ao do idealista. Ao contrário dos empreendedores sociais, o perfil “em busca do milhão” começa a empreender com o deseja de ser extremamente rico e o que está em jogo é obter lucro (seja dentro da organização ou fora dela, muitos jovens e microempreendedores estão neste grupo).

Totalmente diferente dos empreendedores acima, existe o perfil de empreendedor herdeiro, que é aquele que cresceu muito próximo de um modelo de negócio e foi estimulado a seguir esse caminho. Esse perfil simplesmente herdou um negócio de família e deu continuidade desde então. Além do empreendedor nato, situacionista, social e milionário há outro tipo de empreendedor que também desperta atenção pela sua capacidade de fazer as coisas do seu próprio jeito. Estes empreendedores fazem parte do perfil “meu jeito” e em geral são aqueles que montam seu próprio negócio com suas regras, isto é, da maneira que julgam achar certo. Este é um perfil que não gosta de seguir os passos dos outros e isso pode levar as pessoas desse grupo rapidamente à falência ou à riqueza.

E aí, descobriu em qual perfil você se encaixa? Caso ainda não tenha descoberto, corre lá no site da Endeavor que tem um teste bem assertivo para que você descubra. O universo do empreendedorismo é maravilhoso! Então, seja qual for o seu tipo de empreendedor, seja bem-vindo e faça valer a pena.

saiba antes via instagram @revistamaissantos