COLUNASNação Santista

Votação do impeachment contra o Presidente do Santos FC será no dia 30 de agosto

Alô, Alô Nação Santista, um grande abraço. Os dois pedidos de impeachment contra o presidente José Carlos Peres, será votado após os jogos das oitavas da Libertadores, ou seja, após os confrontos com o Independiente, da Argentina, pelas oitavas de final da Libertadores da América, marcados para os dias 21 e 28 de agosto. Após mais uma derrota na temporada para o Cruzeiro na Vila Belmiro pelas quartas de final da Copa do Brasil, competição onde os reforços não poderão jogar. Uma notícia que dá esperança a muita gente. Segundo alguns conselheiros que afirmam ter falado com a Mesa do Conselho Deliberativo do Santos FC, a data para a reunião extraordinária para os conselheiros votarem o impeachment de Peres no Santos Futebol Clube está definida: dia 30 de agosto (quinta feira). Serão levados ao plenário do Conselho os relatórios da Comissão de Inquérito e Sindicância (CIS) sobre ambos os pedidos. Para que sejam aprovados, eles  precisam ter dois terços do plenário presente no dia. Caso passem pelo Conselho Deliberativo, vão à Assembleia Geral para serem votados pelos sócios do clube, precisando de maioria simples para serem aprovados. O primeiro pedido, liderado por Alexandre Silva, tem base em uma portaria criada por Peres determinando que as contratações do Santos só poderão ocorrer mediante determinação do presidente, o que infringe o estatuto do clube. O segundo, encabeçado por Esmeraldo Tarquínio, baseia-se nas empresas mantidas pelo mandatário, Saga Talent e Peres Sports & Marketing, que atentariam contra o estatuto. A punição prevista é o impedimento do cargo. Além disso, o Conselho Deliberativo se reunirá no dia 7 de agosto para discutir possíveis mudanças no estatuto do Santos e também no dia 14, com vários assuntos importantes ligados ao clube.

Novas demissões de funcionários provoca mais confusão na Vila Belmiro, entre eles está o locutor da Vila Belmiro, Douglas Gonçalves. “Esse comunicado veio do RH, porém não assinei porque quero saber do presidente Peres o motivo. Sou jornalista, radialista e cerimonialista, cumpro com as necessidades do clube, apoiei o presidente em sua eleição e não entendi o motivo dessa dispensa. Nem o RH conseguiu explicar o motivo”.

Curiosidades: O jornalista José Calil, que também é conselheiro eleito vindo da Chapa 1 “Somos Todos Santos” do atual Presidente. Calil foi apoiador ferrenho durante a campanha, após ter declarado ter se sentido traído pelo atual presidente, traz a verdadeira razão da não inscrição dos reforços estrangeiros no BID da Confederação Brasileira de Futebol, e a ausência para a disputa da Copa do Brasil. Conforme ele relatou na emissora de rádio em que trabalha em São Paulo, a Transamérica, foi a falta de pagamento conforme o previsto no acordo do clube com os empresários dos atletas.

Abraço Especial: Aos proprietários Elcio, Rafael, Geny, Andreia e a todos os funcionários da Belmiro Bolos, que fica Rua Carvalho de Mendonça, 382 em Santos, deliciosos bolos caseiros e tortas de primeira qualidade. É gente ligado na gente. Não há distância que nos separe, Tradição é Tradição, os bons tempos estão de volta. A todos, Deus conduz.

 

CAPITÃO PAULO ALBERTO

DRT : No 33.858


Para ficar ligado em tudo o que acontece no dia a dia do Santos, clique aqui.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

saiba antes via instagram @revistamaissantos