PUBLICIDADE

Diego Brigido

Diego Brigido: Como se alimentar em tempo de coronavírus

√Č fundamental manter a imunidade alta, e a alimenta√ß√£o pode ser √≥tima aliada

Por Diego Brígido | @dibrigido | Fotos: reprodução

A ordem é clara: fique em casa, lave bem as mãos e higienize todos os objetos e superfícies com as quais você tiver contato. Durante a quarentena, uma alimentação adequada pode ajudar no combate ao vírus, mas não há alimentos que evitam ou curem a Covid-19. No entanto, bons hábitos podem fazer a diferença numa possível necessidade de recuperação.

Não importa se você for preparar comidas em casa, pedir no delivery ou ainda for a um restaurante, seja como for, redobre os cuidados com a higiene e escolha alimentos com alto teor nutricional.

Talvez, muitos de n√≥s tenha que ir para a cozinha durante o isolamento social, por isso, √© importante acertar nas escolhas alimentares, sobretudo durante uma pandemia. ‚ÄúPor enquanto, n√£o existe tratamento medicamentoso para o coronav√≠rus, por isso, os infectados precisam ter uma boa imunidade para resistirem melhor‚ÄĚ, explica a nutricionista Eliane Melo da Silva.

Comer e dormir mal ajudam a diminuir a imunidade, deixando o corpo mais suscet√≠vel a contamina√ß√Ķes. J√°, uma alimenta√ß√£o adequada, refor√ßa o sistema imunol√≥gico, e, melhor ainda, se for associada a exerc√≠cios f√≠sicos frequentes (dentro de casa, por enquanto), hidrata√ß√£o constante e uma boa noite de sono.

O que comer?

Alimentos com alta densidade nutricional, como aqueles ricos em minerais e vitaminas s√£o essenciais. Eliane explica que uma boa alimenta√ß√£o consiste em consumir diariamente diversidade de gr√£os, verduras, legumes e frutas. ‚ÄúO ideal √© compor seu prato com uma boa fonte de carboidrato (inhame ou batata-doce e arroz integral), uma fonte de prote√≠na magra (peixe, frango, carne bovina ou su√≠na sem gordura aparente, ovos, ervilha, lentilha, gr√£o-de-bico ou feij√Ķes), e uma de gordura boa (azeite extravirgem, √≥leo de gergelim, de girassol ou linha√ßa) e frutas para sobremesa‚ÄĚ, detalha. A regra √© clara: quanto mais variada e natural, mais nutritiva ser√° sua refei√ß√£o.

Op√ß√Ķes como laranja, abacaxi e salsinha, por exemplo, s√£o ricas em vitamina C e em outros micronutrientes, preferencialmente em suas vers√Ķes org√Ęnicas. Os agrot√≥xicos disputam com os nutrientes pela absor√ß√£o no intestino, o que acaba gerando no organismo um menor teor sangu√≠neo de vitaminas e minerais.

Para reforçar a imunidade

Outros alimentos são importantes serem consumidos para reforçar a imunidade, de acordo com a nutricionista. São eles:

РAlho; gengibre e extrato de própolis em gotas ou em cápsulas;
– Suplemento e alimentos ricos em vitamina C (acerola, lim√£o, laranja, morango, kiwi, goiaba, graviola, caju e tangerina);
РZinco: sementes de abóbora, gergelim, ovos (de galinha ou codorna), castanhas, amêndoas, nozes e avelãs, pistache, cacau em pó e carnes;
РAlimentos ricos em magnésio: uva, banana e abacate; grãos e derivados como a granola, gérmen de trigo e aveia; sementes e nozes como gergelim, amendoim, girassol castanha e amendoim, além de leite, soja, grão-de-bico, beterraba, couve e espinafre.

E se você tiver como tomar sol na varanda, no quintal ou na laje, a vitamina D também é importante para manter o corpo saudável. Caso contrário, faça suplementação de D3.

Ovos s√£o op√ß√Ķes coringa, j√° que s√£o r√°pidos de preparar, vers√°teis e podem ser consumidas at√© oito unidades por dia. Outra boa aposta s√£o os sucos verdes, tamb√©m com in√ļmeras possibilidades de ingredientes, como couve, lim√£o, gengibre etc.

Sem academias, por enquanto

A restrição para malhar em tempo de confinamento vai alterar, certamente, os hábitos alimentares. Então, atente-se: o ideal é consumir alimentos de baixo índice glicêmico, aqueles com carboidratos mais complexos, que chegam mais lentamente ao sangue. Eles evitam o aumento da gordura corporal. Batata-doce, mandioquinha e aipim são excelentes escolhas.

Em contrapartida, alimentos com farinha de trigo e op√ß√Ķes tentadoras e pr√°ticas, como biscoitos, p√£es e macarr√£o, devem ser evitados. Mesmo em pouco tempo (talvez voc√™ precise ficar semanas afastado da academia), escolhas erradas podem trazer problemas como alto colesterol e diabetes.

O Prato: Alimentação Saudável, criado por especialistas em nutrição da Harvard T.H. Chan School of Public Health e editores da Harvard Health Publications

 


Cuidados redobrados

Ao chegar do mercado com as compras, alguns cuidados precisam ser tomados para mandar pra longe a chance do contato com o coronavírus. Fizemos uma listinha de cuidados que você deve tomar:

  • Deixe o sapato na porta, do lado de fora (use sempre o mesmo sapato para sair)
  • Tire toda a roupa e j√° coloque para lavar
  • V√° tomar um banho ou higienize-se rigorosamente com sab√£o e √°gua
  • Higienize todos os produtos comprados, isso inclui, por exemplo, caixa de leite, latas, vidros etc (√°lcool gel em tudo)
  • Limpe as hortali√ßas com uma solu√ß√£o de √°gua com vinagre antes de guardar e na hora de consumir
  • Ao cozinha, lave bem as m√£os, se houver contato com outros ingredientes (o calor pode inativar o v√≠rus, mas ele pode ficar na pele e atingir alimentos crus ou gelados)

E nos restaurantes

Se você precisar comer fora de casa, em restaurantes, principalmente naqueles com serviço de buffet, atenção:

  • Mantenha-se distante dois metros das pessoas na fila
  • O ideal √© higienizar pratos e talheres com √°lcool gel (mas, eles precisam estar limpos para fazer efeito)
  • Lave bem as m√£os e antebra√ßos
  • Prefira (nesse momento) usar copos descart√°veis
  • Opte por alimentos cozidos, evite os crus e folhas

Lembre-se: não é só por você, é por todos!