CULTURAREGIÃO

Ingressos da Encenação da Fundação de Vila de São Vicente estão esgotados

Quem não garantiu o seu ingresso para assistir à Encenação de São Vicente, maior espetáculo em areia de praia do mundo, terá a oportunidade de assistir só no ano que vem! Pois é. A Prefeitura de São Vicente informou há pouco que o ingressos para o evento foram esgotados.

As últimas trocas dos convites por alimentos se deram no início da tarde desta segunda-feira (21). No total, foram 9 mil ingressos trocados.

O espetáculo que iniciou, na praia do Gonzaguinha, na última sexta-feira (18), termina amanhã (22), dia em que a primeira vila do Brasil comemora 487 anos.

Marcos Frota, que vive Loucura e conta a história da fundação, diz ficar ansioso para entrar em cena. “Não estou me aguentando de tanta emoção. Tem sido muito divertido. É ótimo dar vida a esse personagem que ajuda a narrar a trama de forma mais lúdica, mais aberta”.

Por sua vez, Duda Nagle vive Martim Afonso, e fala que da mistura de sentimentos em fazer o espetáculo. “O elenco é gigantesco, o espetáculo é grandioso. É uma vivência nova. Nunca estive em algo desta magnitude. Toda essa tradição de manter viva a história do País… Levarei como uma lição de vida. É uma honra participar”.

A Índia Bartira desta edição, Carol Nakamura, disse ser tocante interpretar uma índia guerreira que “mudou a história do nosso Brasil através do relacionamento com João Ramalho. Envolveu muita responsabilidade, mas depois de vermos a energia do público da Cidade, foi só alegria. Estou muito grata por todos esses dias”.

Para Guilherme Leonel, interpretar João Ramalho é desafiador. “A palavra é essa. Nunca participei de algo tão imenso. É o maior palco no mundo. A ansiedade fica lá em cima. É prazeroso”.

Marissol Dias, que interpretou a Índia Bartira em outras edições, está dando vida à Índia Jaci, deusa da mitologia brasileira. “Estou muito feliz com o papel. Este momento é uma nostalgia de tudo que vivi em 2009, para o concurso da Índia Bartira. Fazer parte da Encenação é representar cada pessoa da comunidade. Eles são um pedacinho de mim”.

Fotos: Mais Santos

saiba antes via instagram @revistamaissantos