3.6 // EXPOSIÇÃOCULTURA

Mostra Fotográfica em Santos destaca o protagonismo das mulheres

A mostra fotográfica Nós Madalenas – Uma Palavra pelo Feminismo, projeto da fotógrafa mineira Maria Ribeiro, coloca a mulher em lugar de protagonismo e de autonomia sobre seu corpo e narrativa, além de questionar padrões estéticos e descontruir a criação de um modelo irreal do feminino. As imagens não passaram por nenhum tipo de tratamento e não escondem marcas, celulites, estrias ou cicatrizes.

“A mulher há muito tornou-se um produto do pensamento do homem e do capitalismo. E o trabalho de desprogramar esse conceito é mais árduo do que pode parecer”, disse a fotógrafa, única mulher brasileira premiada pela ONU Mulheres, em Nova York (EUA), com o Prêmio Ivone Herberts, concedido pela excelência e relevância do projeto para o empoderamento feminino no ano de 2016.

O projeto, idealizado e fotografado entre 2013 e 2015, teve grande repercussão nas redes sociais e tornou-se um livro que, além das imagens, traz depoimento em primeira pessoa de cada uma das participantes, dando voz para compartilhar fragmentos de suas trajetórias. O livro foi lançado oficialmente em São Paulo, pela Fonte Editorial, com tiragem limitada.

A publicação ainda ganhou prefácio da escritora, cordelista e poeta brasileira Jarid Arraes, que apontou como a obra serve de prova de que a diversidade das lutas, dos corpos e das marcas de cada mulher podem definir a pluralidade do feminismo.

Com curadoria de Caroline Silva, Nós Madalenas – Uma Palavra pelo Feminismo segue em cartaz no Museu da Imagem e do Som – Miss até o próximo dia 10, com visitação gratuita de segunda a sexta-feira, das 14h às 19h. O museu fica piso Centro de Cultura Patrícia Galvão (Av. Pinheiro Machado, 48, térreo, Vila Mathias).

 

Foto: Divulgação

saiba antes via instagram @revistamaissantos