4.2 // TURISMO 

O feriado do dia 15 de Novembro, em comemoração à Proclamação da República, é a oportunidade para sair da rotina e ter novas experiências. Segundo a psicóloga Evelise Brito, conhecer lugares novos traz uma série de benefícios para o corpo e para a mente.

“É importante estabelecer um equilíbrio, ou seja, ter uma rotina e saber abrir mão dela. O fundamental é sempre priorizar o bem-estar e sair da zona de conforto. Quando tiver vontade de fazer algo que nunca experimentou, é necessário avaliar os compromissos e encaixar o passeio que deseja”, destaca.

Confira cinco lugares próximos à Curitiba para aproveitar o feriado:

Montanhismo

A Serra do Mar paranaense conta com um conjunto de montanhas famoso entre os adeptos de esportes radicais. O Morro do Anhangava, por exemplo, é um dos melhores campo-escola de escalada em rocha do Brasil, com vários graus de dificuldade em 1.420 metros de altitude. É um ponto para a prática de voo livre, escalada, rappel e passeios a cavalo. Outra opção é o Pico Marumbi, que resguarda muitas riquezas da Mata Atlântica brasileira, além de oferecer opções de trilhas, banhos de cachoeira e escaladas. O Caminho do Itupava também é uma alternativa. O roteiro, que historicamente começava às margens do Rio Belém, foi uma das primeiras conexões entre a Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais e o litoral paranaense. Atualmente, o caminho com cerca de 20 quilômetros liga os municípios de Quatro Barras e Morretes e pode ser percorrido em cerca de sete horas, exigindo bom preparo físico dos aventureiros.

Passeio de trem

Considerado o mais belo passeio de trem do Brasil, o roteiro pode ser feito de Curitiba (PR) a Morretes (PR) e também no sentido contrário. O trem passa por paisagens da Serra do Mar paranaense, como pontes, túneis, penhascos e cachoeiras, além de possuir várias curiosidades históricas. Programação e valores estão disponíveis no site da Serra Verde Express, companhia que é responsável pelo trajeto turístico

Boia cross

O passeio de boia é opção de lazer para quem visita a cidade histórica de Morretes (PR). O trajeto, nas pequenas corredeiras e em meio às pedras, é restrito a adultos e crianças acima de 12 anos e mais de 1 metro e meio de altura. O percurso de três quilômetros costuma durar duas horas e meia, com diversão e muito contato com a natureza.

Passeios de barco

O litoral paranaense reúne paisagens naturais para sair da rotina do continente. A Ilha do Mel, por exemplo, tem cerca de 95% de sua área composta por ecossistemas de restinga e Mata Atlântica, é um dos principais destinos turísticos paranaenses, com praias e opções de caminhadas. O acesso é somente por barcos, que partem todos os dias de Pontal do Sul (PR) ou Paranaguá (PR). Outra opção é a Ilha de Superagui, parque nacional na divisa com São Paulo que reúne praias, comunidades tradicionais e espécies ameaçadas, garantindo a conservação da paisagem e da cultura caiçara. O acesso também é por barcos, que partem de Paranaguá ou Guaraqueçaba (PR).

saiba antes via instagram @revistamaissantos