4.2 // TURISMO 

As construção históricas da cidade são ótimos cartões postais

Se você curte passeios por locais históricos, a cidade de Pirenópolis, em Goiás, pode ser uma boa sugestão. Além de cachoeiras, o local possui santuários e históricas construções que podem render boas fotos.

Pirenópolis também é atraente para quem busca fugir da correria das grandes cidades, descansar e recarregar as energias.

Confira algumas dicas de ambientes bem bacanas para você visitar na cidade e aproveitar para tirar belas fotos para as suas redes sociais:

Largo do Binfom

Um fim de tarde no Divino Lounge Café, construção tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e curtir o clima bucólico com a secular Igreja do Bonfim como plano de fundo. Pode ser inspirador e reenergizante.

Durante festividades, o local costuma receber decorações especiais e temáticas, deixando o espaço mais propício para as fotos. O espaço é repleto de história com a Igreja do Bonfim, construída entre 1750 e 1754, e o Divino Lounge Café.

Vagafogo

Já pensou em tirar uma foto no alto de uma árvore de 20 metros? Os visitantes do Santuário de Vida Silvestre Vagafogo podem curtir essa experiência! Criada na década de 1990, ela proporciona contato mais intenso com a natureza, tendo como atração uma trilha de 1,5 km que conta com inúmeras árvores centenárias e uma mata ciliar que margeia o rio Vagafogo, além de piscinas naturais e uma pequena cachoeira.

Para aqueles que preferem aventuras, o santuário ainda oferece arvorismo, rapel de 20 metros da altura em um jatobá centenário, pêndulo em um vão de 10 metros e tirolesas.

Cachoeiras Pirenopolinas

Pirenópolis conta com diversas cachoeiras abertas para a população. As cachoeiras do Abade, Bonsucesso, das Araras, do Coqueiro, Lázaro e dos Dragões são boas opções..

Já a Cachoeira Refúgio Avalon, tem uma charmosa queda d’água e uma “praia” de areia, além de jardim sensorial, trilhas ecológicas, redário e piscina natural.

Rua do Lazer

O local é composto por diversos bares e restaurantes que atraem os turistas pelo cardápio que inclui desde receitas goianas até os sabores internacionais. O ambiente conta com os charmosos postes que simulam os candeeiros da época colonial.

Centro Histórico de Pirenópolis

Tombada pelo Iphan em 1989 como patrimônio histórico, o Centro Histórico conta com construções do século XVIII. À noite o ambiente fica mais especial quando são acesas as antigas luminárias nas ruas com calçadas de pedras de quartzito.

Museu das Cavalhadas

Também no Centro Histórico de Pirenópolis, outra atração turística é o Museu das Cavalhadas. Aqueles que visitam a cidade tem como parada obrigatória, se sentar em um banquinho de madeira e tirar a tradicional foto ao lado do Mascarado, símbolo das tradicionais Cavalhadas de Pirenópolis.

Fundado em 1992, o museu reúne indumentárias e objetos que contam a história da Festa do Divino Espírito Santo.

Pico dos Pireneus

Localizado a 20 km da cidade, o pico, no Parque Estadual da Serra dos Pireneus, tem 1.385 metros de altura, o equivalente a um prédio de 461 andares.

O pico tem uma pequena capela dedicada à Santíssima Trindade, inaugurada em 1927 com uma missa celebrada pelo padre Santiago Uchôa. De seu cume, durante a noite, é possível avistar até nove cidades, entre elas Brasília, Goiânia e Anápolis.

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos