4.2 // TURISMO 

O Ministério do Turismo vai investir inicialmente, cerca de R$ 15 milhões para a recuperação e intervenções estratégicas que vão beneficiar turistas, comerciantes e moradores. A primeira etapa das obras devem acontecer no início de 2020.

Os recursos serão utilizados para as reformas de adequação e junção do Cais dos Pescadores e do Cais de Santa Luzia, na iluminação de monumentos históricos e nas construções do Píer da Costeirinha, do centro de convenções, do mirante da praia das Gordas, do polo cultural da Vila Histórica de Mambucaba e do centro de informações turísticas. As intervenções foram definidas após indicação da Fundação de Turismo de Angras dos Reis.

Outras melhorias também estão sendo programadas. Como as obras na BR 101, no trecho de acesso ao município; a construção de um complexo turístico na Marina do São Bento; reativação de trem de passageiros; usina de dessalinização de água; criação de estações de tratamento de esgoto; ampliação da pista do aeroporto; e a construção de um novo terminal de passageiros.

A escolha das obras ocorreu apenas após a força-tarefa coordenada pelo Ministério do Turismo, que contou com a participação de integrantes do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da prefeitura de Angra dos Reis, em agosto deste ano. Foram detectados problemas que estavam travando o desenvolvimento turístico na região.

Segundo a última Pesquisa de Demanda Turística Internacional no Brasil, realizada pelo Ministério do Turismo, Angra dos Reis ficou entre as cinco cidades brasileiras que mais receberam turistas estrangeiros para o lazer. O estudo também demonstra que nove em cada 10 turistas, tinham como motivo de viagem o lazer, permaneceram em média cinco dias e gastaram cerca de US$ 66.

“Estamos empenhados em fortalecer a região por meio do turismo e seu potencial para gerar emprego e renda à população, sempre aliado à preservação dos recursos naturais. Queremos um projeto que ative, de fato, o potencial que Angra dos Reis possui para se tornar um dos principais destinos para os turistas de viagens nacionais e internacionais”, afirmou Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo.

saiba antes via instagram @revistamaissantos