4.2 // TURISMO 

A tecnologia auxilia as pessoas a resolverem, com facilidade, diversas pendências e burocracias, mérito reconhecido por unanimidade. Mas ao mesmo tempo em que as glórias da tecnologia são exaltadas, por outro lado as pessoas nunca estiveram tão imersas no mundo virtual como agora, cenário que cria barreiras e torna as relações, inclusive profissionais, mais frias e distantes. É nesse momento que as viagens corporativas começam a ser cada vez mais valorizadas pelas empresas e seus funcionários.

“Além de aumentar o vínculo e a proximidade, o trabalho face a face que ocorre em viagens corporativas torna os funcionários mais produtivos e criativos. A sinergia entre os colaboradores se fortalece e prevalece sobre a tradicional troca de e-mails”, diz Fernando Michellini, Country Director, North LATAM da CWT, empresa de gestão de viagens B2B4E (Business to Business for Employees). “Quanto mais humanizado tornamos o contato, as relações profissionais se fortificam e impactam positivamente em todas as partes envolvidas em um projeto”.

Para obter maior eficiência dos funcionários, a tarefa das empresas é saber usar o mundo digital de forma que este colabore com o tempo das pessoas, para que possam aproveitar o mundo real em sua totalidade. Aplicativos que centralizam e gerenciam viagens em uma só plataforma – notificando mudanças ou confirmações de voos, assentos, reservas e outros temas – entram em jogo para que o viajante encontre todas as informações que precisa em um só lugar e, assim, economize tempo.

“Ainda vale ressaltar que a possibilidade de realizar uma viagem, sair da rotina cotidiana de horas na frente de um computador e estar com as pessoas frente a frente representa um grande incentivo aos funcionários”, acrescenta Michellini.

O Brasil participa desse cenário positivo de criatividade e produtividade em viagens corporativas, estando acima da média das Américas e mesmo de outros continentes do mundo. Dos viajantes brasileiros, 76% ressaltaram que a criatividade em viagens é maior, enquanto 78% perceberam melhorias na produtividade.

Além disso, 83% dos viajantes do País dizem estar abertos à inovação durante uma viagem a trabalho. “A tecnologia é fundamental para tornar o setor de viagens mais eficaz, bem como oferecer às empresas e seus funcionários a experiência que eles esperam”, afirma o executivo.

saiba antes via instagram @revistamaissantos