Porto 

A Associação Mundial de Cidade e Portos (AIVP) realizará uma sessão no 10º Fórum Urbano Mundial (FUM), que será realizado em Abu Dhabi, entre os dias 08 e 13 de fevereiro deste ano. O tema principal da apresentação será a Agenda AIVP 2030. O Fórum é organizado pela Organização das Nações Unidas (ONU), e tem como objetivo debater a questão das cidades portuárias sustentáveis e seu papel nas estratégias globais de desenvolvimento sustentável.

A Agenda AIVP 2030 visa envolver os principais atores no desenvolvimento sustentável das cidades portuárias. Ela congrega dez compromissos, juntamente com 46 medidas que adéquam especificamente a relação Cidade e Porto aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. A ideia é definir metas globais e concretas para um mundo mais sustentável.

Os dez compromissos da Agenda para 2030 da AIVP se concentram na inovação em torno de questões como transição energética, mobilidade, cultura, governança, capital humano, adaptação às mudanças climáticas e proteção da biodiversidade. Os participantes das cidades portuárias, incluindo as autoridades portuárias, os municípios, as empresas e as organizações sociais, são encorajados a alcançar esses objetivos, incorporando-os aos seus planos e projetos de desenvolvimento.

Na sessão paralela de debate chamada “A cidade portuária como representante do desenvolvimento mundial sustentável: a Agenda para 2030 da AIVP” participarão cinco especialistas e representantes de cidades portuárias de várias partes do mundo. Os palestrantes destacarão a importância das relações entre porto e cidade para a nova Agenda Urbana e o desenvolvimento sustentável. Também será destaque nas palestras o papel da Agenda AIVP 2030 em orientar os líderes das cidades portuárias em direção a mais relacionamentos sustentáveis entre porto e cidade, discutindo casos práticos em todo mundo.

Durante o evento ainda a AIVP e a ONU- Habitat assinarão um Memorando de Acordo (MdA), por meio do qual se comprometem a realizar um trabalho conjunto para aprofundar a Agenda AIVP 2030. A intenção é definir medidas concretas e trabalhar na identificação de problemas que afetam as cidades portuárias.

O evento marca o início de uma nova etapa para a AIVP como uma organização global líder em cidades portuárias. O objetivo, em longo prazo, além de contribuir para a agenda global de desenvolvimento sustentável, é conscientizar os governos nacionais e as organizações internacionais sobre a importância das cidades portuárias como nós fundamentais das cadeias de cumprimentos e da urbanização litoral do mundo. Maior visibilidade deve ser dada aos problemas que as cidades portuárias enfrentam, a fim de obter apoio institucional e econômico para projetos de desenvolvimento sustentável.

 

 

 

Fonte: Portos e Navios

saiba antes via instagram @revistamaissantos