9.0 // DA REDAÇÃO 

Da redação

A administração municipal tem como dever cuidar da cidade. Mas essa obrigação não pode ser exclusiva do poder público. Todos precisam colaborar. Na última quinta-feira (25) a equipe de limpeza da Prefeitura de Santos encontrou um televisor de tubo 32 polegadas, panos, baldes e pneu na tubulação do sistema de drenagem do bairro Caneleira.

Televisor de tubo encontrado na tubulação. Foto: Prefeitura de Santos

A equipe ficou surpresa com a cena e decidiu registrar o descaso em fotos. O chefe de Departamento de Serviços Públicos, Roberto Moyano, alerta que o descarte irregular prejudica toda a rede de drenagem da Cidade. “Nos surpreendemos com alguns objetos descartados nas tubulações do sistema de drenagem. O entulho prejudica o fluxo das águas e isso acaba acarretando transtornos para toda a população, como alagamentos, entupimento de bocas de lobo e galerias”.

De acordo com a Secretaria de Serviços Públicos, o trabalho executado pela Prodesan vem sendo realizado desde o final de junho no bairro. A limpeza é feita em bocas de lobo, poços de visita, ramais e tubulações de concreto.  Até o momento, foram retiradas 90 toneladas de resíduos.

Cata Treco

Balde localizado entre os resíduos. Foto: Prefeitura de Santos

Para que móveis, eletrodomésticos e outros objetos não sejam descartados nos canais, mangues ou praias, a Prefeitura oferece aos munícipes o Cata Treco, serviço solicitado por agendamento pelo telefone 0800-7708770, de segunda a sexta, das 8h às 17h. Os materiais são recolhidos de acordo com o cronograma da Prefeitura, com um dia de atendimento por semana para cada bairro.

Denúncias

Ao verificar uma situação de descarte irregular, a população pode acionar a Ouvidoria Pública Municipal pelo telefone 162 ou a Guarda Civil Municipal, responsável pela fiscalização, pelo 153. Proibido pelo Código de Posturas, o descarte irregular prevê multa a partir de R$ 500,00, que pode dobrar em caso de reincidência.

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos