2.4 // SAÚDEREGIÃO 

Neste período do ano, em que o alerta em relação aos casos de dengue sempre aumenta, a Baixada Santista apresenta uma boa notícia. Das nove cidades que compõe a região, apenas uma registrou casos da doença. A cidade de Cubatão confirmou duas pessoas com dengue neste mês de Janeiro.

Em levantamento realizado pelo Portal Mais Santos, cidades como Peruibe, Bertioga, Santos, São Vicente e Guarujá não apresentaram casos de dengue.

Itanhaém informou que a cidade teve duas suspeitas nestes primeiros dias do ano, mas não confirmados. Após exames um já foi descartado e ainda existe uma suspeita.

Crescimento de 2018 para 2019

Embora os números neste início de 2020 sejam positivos, vale o alerta sobre o aumento dos casos de dengue durante o ano. Foi assim em 2019, neste mesmo período, em que as cidades da Baixada Santista apresentaram poucos casos, mas no decorrer dos meses o crescimento foi alarmante.

Preocupação pelo Brasil

Há risco de surto pelo país neste ano. O Brasil registrou 1.544.987 casos de dengue no ano passado, com 782 mortes, um aumento de 488% em relação a 2018, um ano considerado atípico pela pasta.

De acordo com o Ministério da Saúde, os estados do Nordeste, assim como Espírito Santo e Rio de Janeiro, poderão ter um surto de dengue a partir de março de 2020.

saiba antes via instagram @revistamaissantos