2.7 // ESPORTEREGIÃO

Abertura da 22º edição do JORI é marcada por animação de atletas e torcedores

São Vicente entrou no clima esportivo. Até o próximo domingo (11), a Cidade recebe a 22ª edição dos Jogos Regionais do Idoso (JORI). A cerimônia de abertura ocorreu na tarde dessa quarta-feira (7), no Clube de Regatas Tumiaru (Praça Coronel José Lopes, 167 – Centro). O ginásio ficou completamente lotado e repleto de animação vinda de atletas e torcedores.

O JORI desse ano conta com mais de 2,6 mil atletas de 30 cidades,  que vão disputar 14 modalidades: atletismo, bocha, buraco, coreografia, damas, dança de salão, dominó, malha, natação, tênis, tênis de mesa, truco, voleibol adaptado e xadrez.

Estiveram presentes na cerimônia de abertura o governador em exercício, Márcio França; a primeira-dama do Estado, Lu Alckmin; a vice primeira-dama do Estado, Lúcia França; o secretário estadual de Esporte, Lazer e Juventude, Paulo Gustavo Maiorino; o prefeito da Cidade, Pedro Gouvêa; a presidente do Fundo Social de Solidariedade de São Vicente, Andrea Gouvêa e o deputado estadual, Caio França.

Um dos momentos mais emocionantes do evento foi a hora de acender a pira. Quatro mulheres que já acumularam medalhas por São Vicente nos jogos foram encarregadas de conduzir a tocha, até que o símbolo-mor do Jori estivesse em chamas. As escolhidas foram Idalina Terra, de 82 anos; Julieta Vidal Viana, de 87 anos; Diva Bucciarelli, de 88 anos; Glória Barreiros Lapa, de 81 anos.

O juramento dos atletas ficou por conta da atleta Diva Pereira Fernandes, de 83 anos, jogadora de buraco e participante do Jori há quase duas décadas.

A emoção também tomou conta das autoridades. Márcio França declarou que “É muito bonito ver a primeira Cidade do Brasil recebendo um evento desses. O JORI é uma forma de os idosos mostrarem que estão ativos. É um incentivo para todos nós”.

A primeira-dama do Estado de São Paulo, Lu Alckmin comentou sobre a importância do JORI para a Melhor Idade “O Brasil está envelhecendo e, para que as pessoas vivam mais e melhor, é necessária uma política pública para os idosos. O Jori é uma dessas medidas, por isso é tão importante”.

O secretário estadual de Esporte, Lazer e Juventude, Paulo Gustavo Maiorino reforça sobre o papel do Estado no cuidado da saúde dos idosos. “O JORI é a expressão de tudo que há de melhor para a saúde. Quando eu vejo pessoas da Melhor Idade praticando esportes fico muito feliz porque esse é o papel do Estado, oferecer políticas públicas para os idosos, visando cada vez mais uma boa condição de saúde”.

Pedro Gouvêa, prefeito de São Vicente se mostrou feliz pelo município sediar os jogos. “É um orgulho muito grande porque o JORI representa a oportunidade de mostrar para o Estado a nossa Cidade”. Sobre a equipe da Cidade, ele destaca “a delegação de São Vicente sempre é muito premiada, principalmente na coreografia, já que essa modalidade é o ponto alto da Cidade, sendo assim, sempre tem uma grande expectativa para ver o que foi preparado”.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de São Vicente, Andrea Gouvêa declarou ser “um presente para São Vicente sediar mais uma edição dos jogos”. E acrescentou: “temos um cuidado especial com os idosos. Durante o ano, eles se preparam para competir e, com isso, ganham qualidade de vida”.

saiba antes via instagram @revistamaissantos