REGIÃOSÃO PAULO 

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo confirmou, nesta quarta-feira (28), a primeira morte por sarampo na Capital. A vítima foi um homem de 42 anos de idade que nunca havia tomado a vacina.

A baixa cobertura vacinal contra sarampo, caxumba e rubéola no Brasil e no estado de São Paulo nos últimos anos pode ser uma das razões do atual surto de sarampo no estado, cujos primeiros casos apareceram em março deste ano.

O sorotipo circulante entre os paulistas é o D8, prevalente em países da Europa. Por isso, é mais provável que o vírus do sarampo tenha sido reintroduzido em São Paulo a partir de casos provenientes daqueles países e menos provável que esteja relacionado aos casos importados da Venezuela, que levaram a um surto nos estados do Amazonas e Roraima no ano passado.

saiba antes via instagram @revistamaissantos