REGIÃO 

Da redação 

 

Continua a greve parcial dos motoristas do transporte público municipal de Bertioga.  Segundo a Prefeitura, a greve está seguindo as ordens judiciais que determina a frota mínima de 80% nos horários de pico (das 6h às 9h) e de 60% nos outros horários. O município ainda informa que notificou a concessionária do transporte coletivo, Viação Bertioga, para que informasse com urgência as possíveis medidas a serem tomadas para o fim da paralisação. 

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários, não há previsão de audiência no Tribunal Regional do Trabalho para solução do problema. 

A greve parcial teve início na manhã dessa segunda-feira (15) e apenas 60% da frota de ônibus operava normalmente na cidade. 

O motivo da paralisação, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários, é o atraso no salário dos motoristas referente ao mês de junho, além do vale-refeição, cestas básicas, plano de saúde e Fundo de Garantia.  

 

 

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos