PUBLICIDADE

2.0 - REGIÃO

Funcion√°ria sofre acidente e sindicato apura falta de treinamento em rede atacadista

Por Luana Magalhães 

A funcionária de uma rede atacadista ficou ferida após um acidente nesta segunda-feira (21). A unidade foi inaugurada recentemente e fica no antigo endereço de um motel da Avenida Penedo, no bairro Catiapoã, em São Vicente.  

Segundo informa√ß√Ķes apuradas pelo¬†MAIS SANTOS, o acidente aconteceu em um dos corredores do estabelecimento. O operador de uma empilhadeira bateu com o equipamento em um palete que acabou atingindo¬†Juliana Marques Ferreira, de 41 anos.¬†

Segundo Djalma¬†Sutero¬†presidente do Sindicato dos Trabalhadores Promotores, Repositores e Demonstradores de Merchandising e Vendas na Baixada Santista (Sindprodem), a empresa √© inteiramente respons√°vel pelo ocorrido. ‚ÄúAquilo [prateleiras] n√£o oferece seguran√ßa nem aos trabalhadores, nem aos clientes‚ÄĚ, explica.¬†¬†

O Sindicato j√° apresentou uma den√ļncia ao Minist√©rio do Trabalho (MTE) e solicita mudan√ßas na estrutura das prateleiras.¬†O¬†Sindprodem¬†solicitou¬†tamb√©m¬†uma mesa redonda com a¬†empresa¬†terceirizada¬†respons√°vel pelos funcion√°rios do setor e¬†a rede atacadista¬†para resolver a situa√ß√£o.¬†

De acordo com o presidente, a rapidez com que a unidade foi inaugurada indica pressa e neglig√™ncia.¬†‚ÄúO mercado foi constru√≠do muito r√°pido. N√£o sei se houve treinamento adequado. Estamos apurando para averiguar isso‚ÄĚ, explica.¬†

Em nota, o Atacad√£o relata que¬†‚Äúlamenta o ocorrido com a colaboradora terceirizada Juliana Marques Ferreira em sua loja de S√£o Vicente, e informa que prestou imediatamente os primeiros socorros e acionou o SAMU. Desde ent√£o, a companhia segue oferecendo todo o suporte √† Juliana, que j√° est√° em sua casa. A rede est√° investigando o ocorrido e refor√ßa seu compromisso com a seguran√ßa e bem-estar de todos que frequentam as suas lojas‚ÄĚ.¬†

A trabalhadora foi socorrida¬†pela SAMU e deu entrada no Hospital Municipal. O SINDPRODEM, compareceu ao mercado assim que foi acionado, verificou as condi√ß√Ķes e tomou as medidas cab√≠veis junto a rede do atacad√£o, junto com o t√©cnico de seguran√ßa do trabalho. Solicitou fiscaliza√ß√£o no MTE – Santos e tamb√©m,¬†protocolou uma mesa redonda com a terceirizada, a contratante e a rede Atacad√£o.¬†