PUBLICIDADE

2.0 - REGIÃO

Grupo de volunt√°rios ajuda quem j√° sente os efeitos da quarentena

Por Alexandre Piqui

A Organiza√ß√£o Mundial de Sa√ļde (OMS) recomenda o isolamento social como forma de conter o cont√°gio em massa do novo coronav√≠rus. Para isso, muita gente vem acatando a determina√ß√£o ficando em casa. O problema √© quando o sustento da fam√≠lia vem unicamente dos dias trabalhados. Sem poder ganhar o p√£o de cada dia, ele come√ßa faltar √† mesa.

Um desses casos chegou at√© o policial militar Diogo Passos. O cabo da PM trabalha em Praia Grande, no litoral sul paulista, e participa de um grupo de volunt√°rios que mensalmente monta cestas b√°sicas. Todas as doa√ß√Ķes s√£o entregues para fam√≠lias necessitadas. O policial conta que nesta semana, ele e os amigos, foram acionados para mais uma miss√£o.

‚ÄúO rapaz que √© aut√īnomo fez contato com outro policial. Ele relatou sua dificuldade financeira por estar parado‚ÄĚ, relata Passos. Com isso, come√ßaram a faltar itens b√°sicos na casa desta fam√≠lia. Por√©m, a solidariedade tem mais for√ßa que qualquer crise, os amigos se mobilizaram para ajudar e entregaram os alimentos para o rapaz.

Iniciativa

O grupo √© formado por 15 pessoas de variados seguimentos: policiais, enfermeiros, advogados. Todo m√™s, eles buscam doa√ß√Ķes para montar as cestas b√°sicas.

‚ÄúN√≥s normalmente n√£o temos pessoas certas para entregar as cestas. Isso √© feito de forma aleat√≥ria, conforme nos chegam informa√ß√Ķes de algu√©m que possa precisar. Esse m√™s, em especial, fomos procurar pessoas que estejam passando alguma dificuldade tendo em vista estarem parados por conta da pandemia‚ÄĚ, relata Diogo Passos.

O trabalho social n√£o tem sede, nem apoio de entidades. √Č uma a√ß√£o popular e que pode ganhar mais for√ßa com a participa√ß√£o de outras pessoas. ‚ÄúQualquer um que tenha o √≠mpeto em ajudar o pr√≥ximo pode participar. Mensalmente fazemos contato entre n√≥s e montamos as cestas b√°sicas‚ÄĚ, explica o policial militar.

O próximo desafio é entregar barras de chocolate, bombons para crianças carentes na Páscoa.

Quem tiver o interesse de doar alimentos ou fazer parte deste projeto social basta entrar em contato com o Diogo Passos, pelo Facebook: https://www.facebook.com/diogopassoscabopmesp

Fotos: Reprodução/ Diogo Passos