2.0 // REGIÃO3.2 // TEATRO

Nesta sexta, Bertioga terá encenação sobre história da cidade

Bertioga terá, pela primeira vez, uma encenação contando a história da Cidade. É o espetáculo “Bertioga – A História que Conhecemos”, encenado por meio de parceria entre os coletivos artísticos bertioguenses Cia. Objeto de Cena e grupo Alma de Maré.

Todos os artistas são locais e a apresentação faz parte das comemorações dos 27 anos de emancipação político administrativa do Município. Em caso de chuva, a apresentação será transferida para a Tenda de Eventos, ao lado do Parque.

O texto e direção são da artista Luísa Helene, com cenários de Daniel Ribeiro – este, ator global que atuou nas novelas Cordel Encantado, no remake de Gabriela, Além do Horizonte, I Love Paraisópolis, A Lei do Amor e Malhação. Ambos são casados e mantêm uma pousada no bairro Guaratuba, onde estão acontecendo os ensaios. Somam-se aos dois na atuação Adriana Simões, Deise Miranda, James Brown, Robson Alexandre e Roseane Luppi.

Os artistas trazem à cena uma perspectiva questionadora do ponto de vista tradicional da História, que coloca homens brancos europeus como heróis e povos nativos como inimigos que tentaram impedir que os colonizadores alcançassem seus objetivos de aquisição de novos territórios. A escolha da comédia como gênero pretende cativar o público, trazendo leveza ao tema e alegria aos expectadores.

No palco que será montado no Parque dos Tupiniquins, o espetáculo deve durar cerca de 1 hora e 40 minutos. O grupo de sete artistas tem se preparado há um mês e manterá o ritmo de ensaios de seis vezes por semana até o dia da apresentação. A preparação do texto levou três meses, incluindo o tempo de pesquisa.

Os expectadores podem esperar um espetáculo com humor, música e história antiga, com pitadas contemporâneas. A obra apresenta elementos de teatro de rua, texto épico e inspiração no teatro brechtiano e peças do dramaturgo brasileiro Luís Alberto de Abreu.

“Abreu trabalha muito a metalinguagem, que é falar do teatro dentro do teatro. A gente brinca com isso, que somos uma trupe de teatro e tem algo meio bufônico nisso, que não sabe muito bem a história. Vamos brincando com isso no meio da narrativa”, promete Helene.

Foto: Divulgação

saiba antes via instagram @revistamaissantos