POLÍCIAREGIÃO

Após o vídeo de um padrasto agredindo um menino de dois anos ter viralizado nas redes sociais, a Polícia Civil indiciou o agressor por crime de tortura. O padrasto da criança foi filmado dentro da própria casa, no bairro Morrinhos, em Guarujá, maltratando a criança que inicialmente está no chão, tentando se proteger e depois é carregada e jogada para a cama, onde continua a sofrer a agressão.

Após toda a repercussão, a mãe e o menino foram encontrados na casa de seus familiares, no bairro Santa Rosa. A mãe prestou depoimento na Delegacia Sede do município e acabou sendo liberada. Ela não conversou com a imprensa.

O vídeo teria sido registrado há cerca de dois meses, na casa do ex-companheiro, um motoboy, no bairro Morrinhos. Durante o depoimento, a mãe não soube explicar quem teria divulgado as imagens na internet e também confessou não tê-lo denunciado antes porque era ameaçada constantemente.

Foto: Divulgação

saiba antes via instagram @revistamaissantos