2.1 // COTIDIANOREGIÃO 

A Prefeitura de São Vicente iniciou nesta quinta-feira (10), um novo processo emergencial para contratação de uma nova empresa para realizar a manutenção da limpeza urbana na cidade. No momento, os serviços considerado emergenciais, que são a coleta domiciliar e limpeza de feiras livres, serão mantidos pela Administração Municipal até a decisão.

No ano passado, a Prefeitura deu início ao processo de licitação para a realização dos serviços de limpeza urbana, já visando o término do contrato que ocorreu no dia 9 de janeiro deste ano. A concorrência foi negada no Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), onde foi suspenso o rito licitatório.

Por determinação do TCE, a Administração Municipal iniciou o processo de contratação emergencial, que teve como vencedora a Terracom. Nesta quarta-feira (9), data prevista para assinatura do contrato, através de um ofício, a empresa informou que recusaria a proposta.

A Prefeitura encerra as relações com a empresa e avalia adotar medidas possíveis para esta situação.

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos