2.7 // ESPORTE 

A Fifa divulgou os dez finalistas ao prêmio de melhor jogador do mundo da temporada 2018/2019. Pela segunda vez consecutiva, o atacante Neymar está fora da lista do “The Best”, que não tem nenhum brasileiro. Atual detentor do troféu, Luka Modric também não está entre os concorrentes. Cristiano Ronaldo, Kylian Mbappé e Lionel Messi são os grandes destaques da relação.

A escolha dos dez nomes é baseada em uma análise de especialistas, que estudaram o trabalho dos jogadores entre 16 de julho de 2018 e 19 de julho deste ano. Agora, a escolha fica com o público, já que a votação fica aberta a todos no site da Fifa. Além disso, um jornalista de cada país filiado à entidade, treinadores e capitães de seleções também participam da eleição.

Durante o período de análise, Neymar passou por momentos conturbados. Em janeiro deste ano, o brasileiro teve uma nova fratura no quinto metatarso do pé direito, ficou afastado dos gramados por 85 dias e perdeu a disputa das oitavas de final da Liga dos Campeões, fase em que o PSG acabou eliminado para o Manchester United. Em junho, o atacante sofreu uma lesão ligamentar no tornozelo direito e foi cortado da seleção brasileira para a disputa da Copa América.

A eleição do vencedor do “The Best” se dá com peso igual às categorias do colégio eleitoral: 25% para votação popular (via site da Fifa), 25% para capitães das seleções nacionais, 25% para os treinadores e 25% para jornalistas dos países filiados à entidade. Atletas e técnicos podem votar em candidatos de seu próprio país, mas não neles próprios.

Cada eleitor pode indicar três finalistas, em ordem de preferência. O primeiro ganha cinco pontos, o segundo três e o terceiro um ponto. Quem tiver o maior número de pontos, portanto, vence o prêmio.

Os grandes vencedores do prêmio “Fifa The Best” serão anunciados no dia 23 de setembro, em cerimônia que será realizada no Teatro alla Scala, em Milão. No ano passado, Luka Modric conquistou o troféu de melhor jogador do mundo.

O Brasil não vence o prêmio de melhor do mundo oferecido pela Fifa desde 2007, quando Kaká foi eleito.

Confira a lista completa:

Cristiano Ronaldo (Portugal)
Frenkie De Jong (Holanda)
Matthijs de Ligt (Holanda)
Eden Hazard (Bélgica)
Harry Kane (Inglaterra)
Sadio Mané (Senegal)
Kylian Mbappé (França)
Lionel Messi (Argentina)
Mohamed Salah (Egito)
Virgil van Dijk (Holanda)

saiba antes via instagram @revistamaissantos