POLÍCIAREGIÃO 

Da Redação

A Baixada Santista terminou o mês de fevereiro com queda nos casos e vítimas de homicídios dolosos, nos estupros, nos roubos de carga e de veículos e nos furtos em geral. As extorsões mediante sequestro e os roubos a banco permaneceram zerados.

De acordo com os dados, os homicídios dolosos apresentaram diminuição de dez casos e vítimas na comparação mensal. Com uma vítima em cada boletim de ocorrência registrado, a quantidade passou de 17 para sete casos. É o menor total da série histórica, iniciada em 2001.

Com os resultados, as taxas dos últimos 12 meses (de março de 2019 a fevereiro de 2020) caíram para 5,83 casos e 6,3 vítimas a cada grupo de 100 mil habitantes na região. Os índices são os menores da série histórica.

Os casos de latrocínios subiram de um para quatro, enquanto a quantidade de vítimas passou de um para seis. As ocorrências de estupros caíram 14,1%. Foram 55 casos no mês passado, ante 64 no segundo mês de 2019. As extorsões mediante sequestro permaneceram zeradas pela 11ª vez consecutiva.

Roubos e furtos 

Os roubos de carga diminuíram 61,7% – ou 29 casos a menos em números absolutos – a quantidade passou de 47 em fevereiro de 2019 para 18 no mês passado. Já os roubos a banco permaneceram zerados pela 13ª vez na série histórica.

Os roubos em geral subiram 7%, com 1.211 boletins de ocorrência dessa modalidade registrados no segundo mês deste ano. O indicador de roubos de veículos, por sua vez, caiu 41,8%, passando de 141 para 82 – é o menor total desde 2008.

Na região os furtos de veículos apresentaram aumento de 31,9%, com 244 casos contabilizados em fevereiro deste ano. Já os furtos em geral recuaram 2,4%, passando de 2.314 para 2.259 – em números absolutos foram 55 ocorrências a menos.

Produtividade

O trabalho desenvolvido pelas polícias na região de Santos, no segundo mês deste ano, resultou em 867 prisões. No período ainda foram registrados 174 flagrantes de tráfico de entorpecentes e 90 armas ilegais foram retiradas das ruas.

Foto: Reprodução/ Prefeitura de Santos

saiba antes via instagram @revistamaissantos