POLÍCIAREGIÃO 

Da redação

O caso aconteceu na noite de terça-feira (13) em um posto de combustíveis na Avenida dos Trabalhadores, no bairro Tude Bastos em Praia Grande. Segundo informações, um homem foi baleado dentro de uma loja de roupas, no interior do estabelecimento. Um agente penitenciário que estava no local conseguiu prender o autor do disparo.

A Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal foram até o endereço. Maurício Moisés Bortolotti do Nascimento, de 25 anos, confessou o crime. Ele disse às equipes que trabalha como entregador de panfletos da loja e o ato foi uma vingança contra o primo de primeiro grau.

De acordo com o relato inicial, a vítima dos tiros, Carlos Eduardo de Souza Bortolotti, de 28 anos, molestava sexualmente há vários anos do familiar que efetuou os tiros.

O rapaz disse que a arma utilizada no crime – uma pistola calibre 45 – era do pai, um policial civil. Depois dos PMs averiguarem a numeração foi constatado que o armamento pertence a Polícia Civil de São Paulo.

A vitima foi levada para o Hospital Irmã Dulce e o atirador encaminhado à Delegacia Sede de Praia Grande onde foi registrado Boletim de Ocorrência.

Arma utilizada no crime, uma pistola calibre 45. Foto: Divulgação/ Polícia Militar

saiba antes via instagram @revistamaissantos