SANTOS 

Da redação

Foram três dias de trabalho intenso das equipes da Alfândega de Santos, no Porto. O término da operação foi concluída nesta sexta-feira (17) e contou com cães farejadores da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho. Eles conseguiram localizar em contêineres quase duas toneladas de cocaína (1.910 kg) escondidas em cargas de exportação.

No dia 14 de janeiro foram encontrados 1.229 quilos da droga em uma carga de farinha proteica de soja. O produto estava acondicionada em sacas, cujo destino final seria o Porto de Antuérpia, na Bélgica.

Já no dia 16 de janeiro, mais 681 quilos do entorpecente estava em uma carga de limões “in natura”. As caixas seriam destinadas para Holanda.

A droga interceptada pela Receita Federal foi entregue à Polícia Federal que prosseguirá com as investigações a partir das informações fornecidas pela Receita.

Fotos: Divulgação/ Receita Federal

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos