1.7 // ESPORTESANTOS 

Por Paulo Alberto

Alô, alô Nação Santista, um grande abraço. O Santos revelou, na última segunda-feira (15), a decisão de encerrar o time sub-23. Após a demissão do técnico Rodrigo Leitão, do sub-20, o Peixe irá transferir Leandro Mehlich, atual comandante da equipe que disputou o Campeonato Brasileiro de Aspirantes e foi eliminado para a próxima fase da competição, para a categoria e colocar Luciano Santos, técnico do sub-17, como seu auxiliar. Segundo o presidente José Carlos Peres, o término do time sub-23 renderá uma economia de quase 1 milhão de reais na folha salarial santista. A ideia é ter uma categoria sub-20 maior, valorizar os atletas que já são da base santista e disputar as competições que hoje são do sub-23 com a equipe sub-20. Essa atitude de acabar com o sub-23 (aspirantes), não vejo com bons olhos, pois, alguns jogadores que passarem da idade de 20 anos e não conseguirem aparecer no time principal, poderiam ter a chance de se firmar no sub-23. Caso dos zagueiros Lucas Veríssimo e Robson Bambu, bem como, alguns jogadores que possam ser contratados por experiência , que foram os exemplos de Vitor Bueno e, mais recentemente, Diego Pituca , ambos vieram de Ribeirão Preto e suas idades eram acima de 22 anos. Os atletas que são formados pelo Santos, em sua maioria, tem 100% dos direitos econômicos atrelados ao Peixe, diferentemente do exemplo de Diego Pituca, que veio do Botafogo de Ribeirão Preto diretamente contratado para o Santos sub-23, onde , o atual presidente alega que, do Pituca, o clube só tem 50% . O que não foi grande vantagem, pois se valorizou e teremos problema para renovar, com um baita salário, justificou o mandatário. Vale lembrar, que o mesmo deveria se aplicar nessa teoria do presidente em relação ao zagueiro Robson Bambu, pois o mesmo começou nas categorias de base do Peixe, e, a atual diretoria não conseguiu renovar o seu contrato antes dos seis meses do seu vencimento que será no próximo dia 10. O zagueiro assinou um pré-contrato com o Atlético/PR e o Santos não vai ganhar absolutamente nada em cima do jogador , onde, investiu durante a sua passagem na base e apareceu recentemente no time titular no comando do técnico Cuca. Como clube formador, o Peixe promete endurecer a saída do atleta, que já tem assinado pré-contrato com o Atlético Paranaense. A disputa pode até parar nos tribunais se os dois clubes e Bambu não entrarem em acordo.

Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Curiosidades: A CBF anunciou a alteração na data do clássico entre Palmeiras e Santos, no Allianz Parque, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida, que estava marcada para o dia 4 de novembro, domingo, foi antecipada para o sábado, dia 3, às 19 horas na capital bandeirante. O jogo acontecerá, então, no meio do feriado prolongado.

Abraço EspecialAos amigos Galeno e Joaquim, proprietários da Churrascaria O Costelão (Santos) e a todos os funcionários pelo grande trabalho de receber clientes e amigos. Um verdadeiro point da família santista. É gente ligado na gente. Não há distância que nos separe, Tradição é Tradição, os bons tempos estão de volta. A todos, Deus conduz.     

                                                                                          

CAPITÃO PAULO ALBERTO

DRT : No 33.858


Para ficar ligado em tudo o que acontece no dia a dia do Santos, clique aqui.

saiba antes via instagram @revistamaissantos