1.9 // COMPORTAMENTOCOTIDIANO

Casa da Esperança comemora aniversário de 60 anos com programação especial

A Casa da Esperança de Santos completa 60 anos de fundação no dia 24 de julho. Para comemorar, a instituição está com uma programação especial que começa na semana que vem e inclui apresentação musical, oficina de artes e homenagem do Rotary Club de Santos.

Abrindo as comemorações, no dia 29 de junho, às 20h30, no Teatro Coliseu, a Orquestra Sinfônica Municipal de Santos realizará um concerto em homenagem à instituição. O programa contará com a participação da Orquestra de Flautas “Música Transformado Vidas”, formada por deficientes visuais assistidos pela Casa da Visão, de jovens violinistas da Camerata Jovem Santista da Secretaria Municipal de Cultura e de um aluno da Escola Municipal de Dança em Cadeira de Rodas, que também faz tratamento na Casa da Esperança. Os ingressos, gratuitos, serão distribuídos na bilheteria do teatro (Rua Amador Bueno, 237, no Centro), no mesmo dia da apresentação, a partir das 14 horas.

No mês de julho, a entidade oferecerá atividades para os reabilitandos e seus cuidadores. Entre os dias 10 e 13, as crianças e adolescentes em atendimento participarão de Oficinas de Artes. Do dia 17 ao dia 20, acontecerá a Semana “Nossa história: você faz parte dela”. Reunidos no Auditório da entidade, os cuidadores conhecerão a história da Casa e, em seguida, serão incentivados a prestar depoimentos sobre os desafios enfrentados e resultados obtidos na trajetória de tratamento das crianças assistidas.

No dia 24 de julho, data que marca o aniversário da instituição, será servido um café da manhã para funcionários, voluntários e integrantes da diretoria. Na mesma semana, no dia 26, o Rotary Club de Santos realizará seu tradicional almoço semanal no Salão de Eventos da entidade, com a participação de autoridades locais.

Para fechar as comemorações, no dia 29 de julho, às 20 horas, acontecerá o jantar festivo no Clube dos Ingleses. Toda renda arrecadada será destinada à Instituição. Outras informações pelo telefone (13) 3278-7800

Casa da Esperança – Fundada em 24 de julho de 1957 pelo médico sanitarista Samuel Augusto Leão de Moura, com o apoio do Rotary Club de Santos, va instituição atua na reabilitação física, intelectual e/ou sensorial de crianças e adolescentes de zero a 18 anos da Baixada Santista e Litoral Sul. Por mês atende cerca de 285 pacientes e oferece mais de quatro mil procedimentos terapêuticos mensais gratuitamente.

Com sede na rua Imperatriz Leopoldina nº 15, na Ponta da Praia, a Casa da Esperança de Santos possui salas equipadas para atendimento nas áreas de Fisioterapia Solo, Aquática e Respiratória, Integração Sensorial, Terapia Ocupacional, Psicologia, Pedagogia, Fonoaudiologia, Consultório odontológico e Serviço Social, atuando a equipe sob orientação de médica neurologista infantil e médico ortopedista. A entidade possui também auditório, cozinha industrial, refeitório para funcionários e salão de eventos. Como unidades operacionais funcionam uma Oficina e uma Loja Ortopédica, além de setor de fisioterapia de adultos que presta atendimento particular, pelo SUS e via planos de saúde.

Famílias – Todos os pacientes e cuidadores assistidos pela entidade filantrópica, além dos tratamentos terapêuticos, são beneficiados com refeições gratuitas servidas diariamente sob orientação de nutricionista e serviços de apoio aos familiares através do “Núcleo de Promoção de Mães Dona Vanjú”. Há 17 anos, são realizados cursos de artesanato, culinária e, desde 2010, panificação e confeitaria, com oportunidades de comercialização em espaços internos como a “Feirinha da Esperança” e a Cafeteria “Sabor de Esperança”. Além da troca de vivências entre os envolvidos, esses cursos possibilitam a geração de nova fonte de renda para a família dos pacientes.

Doações – Para ajudar a Casa da Esperança, empresários e pessoas físicas podem fazer contribuições por meio do Teledoações (13 3278-7801), por depósito bancário (Banco Itaú: Agência 0245 – c/c 09379-4) ou fazendo repasses de impostos via Nota Fiscal Paulista. Para os interessados em fazer repasses mensais, há a opção de se tornar associado ou ainda aderir ao programa “Padrinhos-Esperança”, quando se adota o tratamento de uma criança. 

saiba antes via instagram @revistamaissantos