1.9 // COMPORTAMENTO 

colunistas-Lydia -Sayeg

“Na vida, nada se perde, nada se cria, TUDO SE TRANSFORMA”…

Vocês já ouviram isso, não é?

Esta frase me acompanha desde a infância e, por eu trabalhar com MATERIAIS NOBRES: ouro, paladium, platina e PEDRAS PRECIOSAS, entendo bem o seu significado. As joias são TOTALMENTE RECICLÁVEIS (principalmente se forem de uma joalheria RESPEITÁVEL E TRADICIONAL, QUE PRIORIZA A QUALIDADE DOS SEUS MATERIAIS E SUA PROCEDÊNCIA).

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Na perda de um ente querido ou no final de uma relação (rompimento de qualquer forma) as joias acumuladas nesse período podem adquirir uma nova VIDA.

A releitura de uma peça por um bom joalheiro, que sabe enxergar com classe, bom gosto e técnica, leva à sua transformação sem perdas nem danos… A lembrança ou não depende do que esta joia possa ter significado um dia. Afinal, joia é significado e emoção acima de tudo. Este é o seu real VALOR. E é eterna, independentemente do resultado que você espera dessa releitura.

JOIA = VIDA. Podemos reformar utilizando os mesmos materiais, mas extraindo deles (joia ou pessoa) o melhor que o mesmo tem a oferecer.

A sensibilidade do profissional escolhido é primordial, pois daí nascem as grandes inspirações, criações e detalhes.

saiba antes via instagram @revistamaissantos