1.9 // COMPORTAMENTO

Tribo faz ritual da paz na Fashion Week

A São Paulo Fashion Week completa 20 anos nesta edição de verão 2016, que começa nesta segunda-feira (13), na capital paulista.

Para a ocasião, 20 índios de tribos Yawanawá, do interior do Acre, evocarão a força de seus ancestrais e brindarão a floresta para trasminitir luz, paz e harmonia aos fashionistas em pleno parque Candido Portinari, onde ocorrem os desfiles.  Trata-se de um ritual Vekushi, que tem como intuito limpar as energias ruins das pessoas, importado pela grife Cavalera para sua apresentação, com direito a fogueira e roupas inspiradas na cultura indígena. “Em vez de São Paulo ir a fl0resta, é a floresta que vem a São Paulo. As pessoas assistirem a esse ritual nunca mais serão as mesmas, porque você não respeita aquele que não conhece”, diz Joaquim Taskhã, coordenador geral da Associação Sociocultural Yamanawá.

Foi com ele que o empresário Alberto Hiar, dono e estilista da Cavalera, negociou durante quatro meses a viagem da tribo até a cidade de são Paulo. Qualquer ação com tribos indígenas precisa ter autorização da Fundação Nacional do índio (Funai).

tribo

Turco Loco, como Hiar é conhecido, passou por uma experiência transcendental e visita à tribo neste ano. Ele tomou um chá psicotrópico chamado Uni, que, dizem os índios, purifica e expurga todo o mal.

No domingo (21), ele levaria à casa que foi do mudico Jair Rodrigues, morto no ano passado, amigos e fãs da marca para um ritual fechado organizado pela tribo que participará nesta segunda da São Paulo Fashion Week.

“Não é a primeira marca que faça da Amazônia, mas o que queria mesmo é mostrar a arte cuja a historia remosta aos ancestrais deles”, diz o empresário.

A passarela de Hiar haverá texturas, bordados e desenhos da tribo. Alguns tecidos da tribo foram desenvolvidos na Índia especialmente para a coleção, que inclui peças de paetês e seda.

“Digitalizei estampas com imagens de formigas,m por exemplo. Transpus tudo o que vi e vivi naquela tribo. Quero beber aquele chá muitas vezes mais.”

saiba antes via instagram @revistamaissantos