4.1 // EMPREGOCOTIDIANO 

Os vereadores de Guarujá derrubaram com unanimidade o veto do prefeito Válter Suman (PSB) ao Projeto de Lei 050/2017, que efetua o chamamento de mil desempregados para atuar nas frentes de trabalho do município.

Apesar de já terem discutido previamente com o chefe do executivo sobre o tema, e afirmarem que Suman teria sido a favor das contratações, o veto causou surpresa entre o legislativo.

Enquanto a casa defende a vinda dos desempregados como forma de frear os índice de desemprego guarujaense, crescente desde 2015, a Advocacia Geral Municipal embasa o veto do Prefeito ao afirmar a existência de inconstitucionalidade nas alterações promovidas na lei original das frentes de trabalho.

Com isso, o PL trará desempregados para atuar nas frentes de trabalho. Além disso, receberão cursos de qualificação profissional e salário mínimo por mês (R$ 937,00). A decisão deve ser divulgada nos próximos dias no Diário Oficial.

saiba antes via instagram @revistamaissantos