1.8 // MEIO AMBIENTE

Na manhã de hoje (25), a barragem da Vale, em Brumadinho, localizada em Belo Horizonte, se rompeu, deixando um mar de lama na cidade. O rompimento aconteceu na região do córrego do Feijão, que fica no km 50 da rodovia MG-040.

A barragem tinha volume de 1 milhão de m³ de rejeito de mineração. Ainda não há informações sobre mortos e não se sabe o número de feridos. Segundo informações, duas vítimas resgatadas pelo helicóptero do corpo de bombeiros, deram entrada no hospital João 23, em BH, por volta das 15h30.

A Defesa Civil informou que os moradores que residem na parte baixa do município, serão retirados de suas casas e levados para um local seguro.

A prefeitura de Brumadinho publicou em suas redes sociais um alerta para que a população não fique perto do leito Rio Paraopeba.

Nota da mineradora Vale

“A Vale informa que ocorreu, no início da tarde de hoje, o rompimento de uma barragem na Mina Feijão, em Brumadinho (MG). As primeiras informações indicam que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ainda não há confirmação se há feridos no local. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens. A prioridade total da Vale, neste momento, é preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade. A companhia vai continuar fornecendo informações assim que confirmadas”.

Fotos: Divulgação/Corpo de Bombeiros

saiba antes via instagram @revistamaissantos