1.2 // POLÍCIAPOLÍCIA 

Uma menina de dois anos que estava na Santa Casa de Santos após incêndio doméstico na última terça-feira (4) teve a morte confirmada na Santa Casa de Santos nesta sexta-feira (7).

A criança estava internada em estado grave após queimaduras do incêndio provocado pela irmã mais velha, de 14 anos, quando tentava esquentar leite. Segundo o hospital, a criança teve 80% do corpo queimado durante o acidente.

Segundo vizinhos, a irmã mais velha tem o quadro estável, mas segue internada, assim como outra de 4 anos. A mãe, grávida, teve alta e foi liberada.

Acidente

O incêndio aconteceu na última terça-feira (4), no Macuco, quando a adolescente de 14 anos tentou acender um ‘fogão’ improvisado, feito com churrasqueira e etanol. O produto vazou nas crianças e entrou em combustão.

No desespero de apagar o fogo e salvar as pequenas, a irmã mais velha queimou uma das pernas. Já a de quatro anos queimou ambos os pés.

Para conter o fogo, vizinhos se mobilizaram com água e extintores de incêndio. A família deu entrada no Pronto Socorro da Zona Leste, mas foi encaminhada para a Santa Casa, com queimaduras de 2º, 3º grau e em estado grave de saúde.

saiba antes via instagram @revistamaissantos