SANTOS 

Da redação

Quem aprecia o bom e recheado ‘sanduba’ dos quiosques da orla santista pode também variar as opções. Cada vez mais novas experiências gastronômicas estão disponíveis aos clientes em 77 estabelecimentos.

Um dos destaques dessa nova geração é a comida típica de Israel que fica no Canal 2. São receitas trazidas pelo chef israelense Amit Gelbard, que veio morar em Santos ao lado da esposa, a brasileira Gabriela Gelbard, há cerca de um ano.

O carro-chefe da casa é o falafel (bolinho de grão de bico, temperado com ervas e especiarias), muito apreciado pelos vegetarianos. Outras opções são o shakshuka (refogado de tomate com dois ovos, temperado com alho, salsa e especiarias, servido com pão sírio feito no quiosque, acompanhado por pimenta dedo de moça e berinjela assada); kebab (bolinhos de carne moída na chapa temperados com ervas, cebola, alho e especiarias) e homus (pasta de grão de bico com especiarias, salsa e azeite).

“A culinária israelense é parecida com a árabe, que o brasileiro tem mais familiaridade, mas é um tipo de comida que era inédita em Santos. Já disseram até que o nosso falafel é mais gostoso que o de Israel”, diverte-se Gabriela.

Na direção do Canal 4, no CPE (Centro de Paquera do Embaré) o frequentador pode escolher entre 10 tipos de pastéis salgados, seis tipos de pastel doce ou entre as opções de massinhas cheias de cobertura nos sabores: pizza, três queijos e sobremesa (acompanha chocolate e doce de leite).

Ainda no Canal 4, quem se ama milk shake tem 48 opções diferentes de sabores em um dos quiosques. Além das versões tradicionais, em que o sorvete é batido com leite, há as versões com suco e também alcoólicas, com rum, vodka, licor, cachaça, champanhe ou conhaque.

O estabelecimento também oferece 14 tipos de hambúrgueres, sendo quatro voltados para vegetarianos e 16 tipos de tapiocas, sendo nove salgadas e sete doces. Quem faz o esquenta antes da balada ou do treino, tem quatro tipos de sucos energéticos à disposição. “Temos clientes fiéis para energéticos, que levam xarope e pó de guaraná”, afirma a gerente Priscilla Santos.

Junção Santos e Rio de Janeiro

No Canal 5, um quiosque toca samba o tempo todo e convida os clientes a desfrutarem de comidas que unem Santos e Rio de Janeiro: bolinho de feijoada, bolinho de aipim com carne seca, caldinho de feijoada, caldinho de aipim com linguiça – tudo produzido artesanalmente. E uma bebida refrescante servida no estabelecimento chama a atenção: moscow mule, feita com vodka, limão, suco de gengibre, açúcar e coberta por uma espuma doce.

“É um drink que tem a acidez do limão e a picância do gengibre, que são quebrados pela espuma doce quando a pessoa bebe. A espuma que usamos é diferente, mais espessa do que as servidas em outros lugares”, destaca Eraldo César, gerente do quiosque.

O estabelecimento ainda serve sanduíche de mortadela bem recheado, inspirado no que é servido no Mercado Municipal de São Paulo, buraco quente (pão francês com carne) e sanduíche de coração de galinha com muçarela.

No Canal 6, o público pode apreciar uma carne assada na brasa, no quiosque especializado em churrasco. Os carros-chefe são o frango marinado na cerveja, acompanhado por farofa, vinagrete, queijo parmesão, temperada com gremolata (condimento clássico da culinária italiana); picanha com farofa e vinagrete, bife ancho com farofa e chimichurri e panceta à pururuca, que leva cerca de três horas para ficar pronta e é servida com molho de goiabada com pimenta. Devido ao longo tempo de preparo, a equipe do quiosque já deixa a barriga de porco pré-pronta para finalizá-la ao fogo após o pedido do cliente.

Para os vegetarianos, o estabelecimento serve uma tábua com legumes grelhados (abobrinha, cenoura, repolho, tomate e cebola), queijo coalho e molho chimichurri.

“Temos ainda um hambúrguer diferenciado, com maionese de bacon feita aqui na casa, picles e queijo gouda”, destaca a funcionária Berenice Costa.

Fotos: Anderson Bianchi

 

saiba antes via instagram @revistamaissantos